AAJ - Associação de Ajuda a Jovens

Categoria: Internet Page 1 of 2

Tráfego pago: saiba quando investir

As estratégias de tráfego pago são fundamentais para qualquer empresa que deseja se manter competitiva no mercado de trabalho. Elas são responsáveis por gerar boa parte da movimentação em um site.

Existem diversas formas de levar consumidores para sua loja virtual. As técnicas e possibilidades seguem crescendo junto do avanço da tecnologia e, por conta disso, é preciso se atentar aos principais métodos de captação de clientes.

O tráfego pago é aquele que se refere a todos os visitantes que chegam até seu site ou blog por meio de anúncios realizados em plataformas específicas. Assim, uma clinica de fisioterapia pode usar este formato para ampliar sua rede de clientes.

Para conseguir estes resultados, a empresa paga uma quantia determinada pela plataforma para aumentar seu engajamento.

Dentre as opções de tráfego pago, a mais conhecida é a utilização de anúncios em ferramentas de busca. Isso porque elas utilizam a própria tecnologia a favor da propaganda da empresa.

Ademais, o perfil de cliente mudou nos últimos anos. Por conta das melhorias na tecnologia móvel, a maioria dos usuários passa boa parte de seu dia conectado. Então, acabam conseguindo acesso a muito mais informação do que anteriormente.

Por isso, a propaganda direta e rasa, onde não há um conteúdo apresentado, tem perdido cada vez mais a força no mercado. As pessoas estão abandonando e parando de se interessar por empresas que utilizam apenas este tipo de recurso.

Quando um consumidor tem um problema nos dias de hoje, ele busca soluções mais adequadas em motores de busca. Por exemplo, caso uma pessoa pesquise por empresas de seguros, ela rapidamente encontrará o que procura.

Através de palavras-chave, estas plataformas apresentam diversas opções de solução, da qual ele escolhe uma para seguir seu processo.

Essa escolha normalmente é realizada logo entre os primeiros links apresentados pela ferramenta, que normalmente representam aqueles que mais tem ligação com a dúvida do consumidor.

Veja o Por que fazer Marketing pelo Youtube – Alavanque o seu negócio e suas vendas agora mesmo

Qual é a diferença entre tráfego pago e orgânico?

Sendo estes os dois principais meios de engajamento para sites e blogs hoje em dia, é preciso conhecer em detalhes cada um deles e como usá-los, complementando-se para gerar resultados cada vez melhores para a empresa.

O tráfego orgânico é aquele que vem de forma natural, através de conteúdos completos e de qualidade, que são espalhados pela rede e trabalhados de forma mais natural. É errado dizer, entretanto, que este tipo de tráfego é “gratuito”.

Isso porque existe um gasto para a produção dele, na forma de especialistas contratados para produzir o conteúdo, equipes de marketing e profissionais de TI que realizam a manutenção do site de um fornecedor de cama hospitalar ou qualquer outro.

Entretanto, o tráfego orgânico não utiliza de nenhum recurso financeiro direto para captar clientes. A ideia é que estes comecem a surgir de forma natural, ao serem atraídos pelas ferramentas de comunicação e engajamento criadas pela empresa.

Embora o tráfego orgânico gere excelentes resultados, com potencial de durabilidade muito grande, eles costumam demorar a fazer efeito. Isso pode acabar frustrando uma empresa, principalmente se ela estiver iniciando seus trabalhos agora.

Além disso, a demora em conquistar seu próprio público e conseguir melhores conversões de vendas pode resultar em prejuízos financeiros, que podem ser fatais para uma empresa iniciante.

O tráfego pago surge então como uma solução. Isso porque seu resultado tem um alcance muito maior e imediato. A empresa de CFTV em São Paulo, ou qualquer outra, conseguirá atingir muito mais pessoas, que podem vir a se converter em clientes rapidamente.

Além disso, o custo de investimento de uma ação de tráfego pago é muito mais em conta que outras ações de marketing mais tradicionais, sendo uma excelente alternativa para uma empresa que ainda não tem um orçamento muito bom para investir.

Vale lembrar que não importa o quanto você pague em anúncios, o público só consumirá seu conteúdo se ele tiver qualidade. Então, se você pretende criar uma página sobre serviços de desenvolvimento de software, por exemplo, é preciso ter qualidade no material.

Além disso, o impacto do tráfego pago é finito, uma vez que quando você encerrar o pagamento, ele para de trazer novos consumidores.

Por isso, a utilização dessa técnica para trazer pessoas novas deve ser em conjunto com as estratégias de tráfego orgânico, para que você cative as pessoas que chegaram pelo anúncio, fazendo-as ficar em sua página e incentivando-as a se fidelizarem em seu site.

Conheça os tipos de tráfego pago

Para que você consiga entender melhor como funcionam as estratégias de tráfego pago, é preciso conseguir identificar suas peculiaridades. A primeira parte é bem técnica e diz respeito aos tipos diferentes de tráfego pago que você pode contratar.

Dentro dos anúncios, existem dois modelos que podem ser contratados, sendo que a sua escolha depende do tipo de conteúdo que você está produzindo e qual seu objetivo para a contratação.

CPM – Custo por Mil

O primeiro modelo é o CPM, ou Custo por Mil. Esse tipo de anúncio é cobrado a cada mil impressões obtidas em um site ou blog. Isso significa que pelo menos mil vezes sua propaganda apareceu em um local.

Para quem deseja visibilidade, por exemplo, uma empresa de rede de proteção, este tipo de formato é ideal. Isso porque seu conteúdo aparecerá muito mais vezes, o que acaba fixando na mente das pessoas o material exibido.

CPC – Custo por Clique

O outro formato, conhecido como CPC, ou Custo por Clique, é mais voltado para quem quer uma interação mais direta. Neste, você paga o anúncio quando alguém clica e é redirecionado para sua página.

Neste formato de anúncio, o objetivo é fazer com que o usuário inicie uma relação imediatamente, começando a consumir seu conteúdo e, se possível, tornando-se um lead, após um tempo de integração.

Vale lembrar que o CPM costuma ser mais barato que o CPC, então se sua  loja de EPI ABC está começando agora no mercado e precisa de mais posicionamento e visibilidade do que conversões, pode ser o caminho ideal a seguir.

Como melhorar sua performance?

Para conseguir utilizar corretamente as técnicas de tráfego pago, você precisa ter alguns elementos em mente. Isso porque mesmo que você esteja pagando para conseguir anunciar, ainda tem boa parte do trabalho que deve ser feito por você.

Entre os pontos a serem seguidos, temos: 

Utilize personas

Uma persona é a idealização de um cliente. Muito mais do que imaginar o que um consumidor gostaria de ter em sua loja, a persona é quase um ser humano real. Quanto mais detalhes você puder inserir nela, melhor! Por exemplo:

  • Gostos pessoais;
  • Medos e anseios;
  • Dificuldades;
  • Desejos e prazeres.

Dessa forma, você conseguirá entender exatamente o que seu cliente ideal está procurando, e pode criar interações que consigam atingir um maior número de pessoas e gerem resultados positivos para a empresa.

Mantenha-se verdadeiro

Este é um dos pontos mais importantes para qualquer ação de marketing. Quando você faz um anúncio, as pessoas que foram alcançadas estarão procurando encontrar aquilo que você está prometendo.

Por isso, é importante que você seja honesto e verdadeiro em todas as suas propagandas, principalmente no caso do tráfego pago. Isso porque para muitos clientes, será a primeira interação com sua fabrica de portas aluminio SP ou qualquer outra empresa.

Como diz o ditado, a primeira impressão é a que fica. Por isso, é importante que você passe uma boa imagem e que transmita segurança e confiança para que os consumidores se interessem por seus produtos e serviços e queiram consumir com você.

Aproveite os gatilhos

Os gatilhos mentais são excelentes técnicas de marketing e podem ser utilizados no tráfego pago para atrair mais olhares para sua empresa. Com eles, você pode despertar a curiosidade e fazer com que mais pessoas entrem em sua loja.

Dessa forma, você pode utilizar os gatilhos para levar os consumidores até o momento da compra. É importante usá-los com responsabilidade, entretanto, para evitar um desgaste que o faça perder clientes.

Trabalhe com clareza

Um anúncio pago normalmente é um espaço reduzido para escrever textos ou conteúdos muito complexos. Deixe isso para seu site ou blog. Aqui, seja claro e objetivo com o que você espera de seus clientes.

Dessa forma, uma pessoa que entre em contato com sua propaganda não ficará confusa com relação ao que você está tentando oferecer.

Considerações finais

Compreender a importância do tráfego pago é fundamental para que você consiga explorar com tranquilidade todas as opções que o marketing digital oferece para sua empresa.

Assim, você acabará alcançando muito mais clientes de forma mais abrangente, conquistando-os com as técnicas aplicadas e aproveitando suas oportunidades.Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Por que fazer marketing pelo Youtube?

Muitas empresas têm adotado a prática de realizar ações de marketing pelo Youtube, uma vez que a plataforma tem alcançado cada vez mais sucesso e já é considerada a segunda maior ferramenta de busca da internet.

Ademais, o conteúdo produzido em vídeo tem ganhado cada vez mais o apelo do público, principalmente pela facilidade de absorção. Embora existam muitos sites e blogs de qualidade, o tempo utilizado para ler materiais extensos é cada vez menor.

Nesse aspecto, os conteúdos em vídeo surgem como uma excelente alternativa, uma vez que podem ser vistos em ambientes como transporte público, ou então enquanto você realiza outra atividade, como lavar louças e arrumar a casa.

Pensando nos pontos citados anteriormente, diversos fornecedores de ferragens, por exemplo, ou outros empresários de ramos diferentes, podem apresentar conteúdos do dia a dia para conseguir aumentar seu engajamento.

O conteúdo então acaba sendo absorvido de maneira muito mais fácil, o que faz com que as pessoas procurem cada vez mais material em vídeo. Para conseguir receber pelo seu trabalho, os produtores de conteúdo aplicam anúncios e propagandas em seus canais.

Esses anúncios acabam gerando renda para os influenciadores, principalmente aqueles com grandes quantidades de acessos, enquanto as empresas conseguem aproveitar o anúncio para aparecer em diversos locais.

Além disso, os vídeos estão dominando os espaços digitais, sendo que muitos profissionais já entendem que é necessário explorar o Youtube como uma plataforma de marketing.

Inclusive, o crescimento da rede foi de mais de 100%, enquanto o aumento no consumo de TV não chegou a 15%, de acordo com dados da Google.

Então, uma empresa de administração de condomínios residenciais, por exemplo, hoje, tem muito mais sucesso produzindo no Youtube do que em uma propaganda de TV convencional.

Além disso, o período em que os clientes passam na rede é muito maior do que em outros espaços, o que acaba atraindo muito mais o público para consumir o material da plataforma.

Isso tem feito cada vez mais as pessoas ficarem no Youtube. No começo de sua utilização, era comum que pessoas fossem direcionadas ao site por um link, e após assistirem um vídeo irem embora.

Entretanto, hoje o mercado é tão propício para este tipo de conteúdo que acaba sendo um local onde pessoas passam boa parte do tempo consumindo material diversificado de diversos criadores, por exemplo, de uma empresa de terceirização de jardinagem.

Por isso, o Youtube acabou deixando de ser uma simples rede de vídeos para se tornar uma plataforma de negócios, onde muitas empresas têm investido em seus próprios canais de criação de conteúdo para aumentar seu engajamento e por consequência suas vendas.

Confira também como melhorar o LTV de seus Clientes

Como trabalhar o seu marketing no Youtube?

Para compreender melhor todas as possibilidades de engajamento que o mercado tem a oferecer, é importante identificar quais serão as opções que você pode utilizar dentro da plataforma.

Assim, você conseguirá aproveitar o melhor do Youtube para sua empresa, desenvolvendo material de qualidade e gerando mais conversões. Entre as formas de trabalho, podemos citar:

Produção de conteúdo

Esta é a base de qualquer estratégia dentro do Youtube. A plataforma é de criação e produção de conteúdo, então, se você não tiver qualidade nesse quesito, não conseguirá seguir em frente usando a ferramenta.

O marketing de conteúdo tem sido um grande aliado das empresas, por exemplo, uma distribuidora de produtos de limpeza, dentro do âmbito digital, e isso é ainda mais exacerbado dentro da plataforma do Youtube. Isso porque através de vídeos você acaba alcançando mais pessoas.

Esse conteúdo também é uma oportunidade para gerar um sentimento de autoridade. Isso porque se você se coloca como protagonista dos vídeos, apresentando um conteúdo de qualidade e direcionado para o que sua empresa faz, acabará sendo reconhecido por isso.

Quando as pessoas procurarem conteúdos relacionados a sua empresa, lembrarão de seus vídeos e acabarão tendo mais confiança e segurança de comprar com você. Por isso, é importante explorar esse tipo de recurso com sabedoria.

Criar uma imagem de referência em um determinado assunto pode ser um grande diferencial para que sua empresa se torne líder no mercado em que atua, criando novas possibilidades de interação e oportunidades de negócios.

Para conseguir um melhor engajamento de seu conteúdo no Youtube, é fundamental que você conheça seu público-alvo. Você pode optar por criar uma persona para conseguir encontrar o tipo ideal de consumidor do seu canal.

A persona é como uma idealização de cliente. Embora seja uma pessoa fictícia, é importante que você dê o máximo de detalhes possível para caracterizá-la, como:

  • Nome completo;
  • Endereço residencial;
  • Profissão;
  • Hobbies;
  • Gostos pessoais.

Quanto mais complexa for sua persona, mais próximo da realidade serão os resultados que ela apresentará em suas estratégias, rendendo boas ações para a sua empresa prestadora de serviços administrativos ou de qualquer outro ramo.

Engajamento de público

Uma das grandes vantagens do Youtube é seu potencial de interação direta com o público. Você consegue publicar e imediatamente as pessoas podem curtir, realizar comentários e interagir. Por isso, é importante tratar bem sua audiência.

Seja sempre atencioso na caixa de comentários. Os clientes gostam desse tipo de valorização, pois os fazem sentir mais vistos pela empresa. Isso passa segurança na hora de consumir um determinado produto ou serviço.

Além disso, você pode utilizar as dicas e solicitações de sua audiência para pensar em novos conteúdos especiais, que acabam se engajando ainda mais para sua empresa.

Esse tipo de ação é fundamental para você conseguir aumentar o número de seguidores. Por exemplo, uma empresa de manutenção de cabines primárias e secundárias precisa estar de acordo com seu público para conseguir sucesso.

As pessoas que se inscrevem em seu canal são aquelas que gostam tanto de seu conteúdo que desejam ativamente receber informações quando algo novo é postado.

É uma métrica importante, tanto para mostrar a força de seu canal quanto para identificar se o seu conteúdo é o mais adequado. Isso porque o Youtube possui também um botão de “Não gostei”.

Se você começar a ter um aumento nesse botão, deve começar a repensar suas estratégias.

Divulgação

Esta é uma etapa importante para o sucesso dentro da plataforma. Para que as pessoas consigam acompanhar seu material, elas precisam saber que ele existe. Por isso, invista em propagandas externas e divulgação para atrair as pessoas para seu canal no youtube.

As outras redes sociais de sua empresa são uma excelente maneira de apresentar esse conteúdo.

Elas acabarão possibilitando muito mais pessoas acompanharem o material, e se gostarem do conteúdo, acabarão espalhando para suas redes de contatos. Assim, sua empresa se destaca dentre as empresas de contabilidade ou de outro ramo.

Quanto mais as pessoas encontrarem seus vídeos, maiores são as chances de encontrarem seu canal no youtube e começarem a se engajar, tornando-se mais suscetíveis a suas ações de marketing.

Atente-se ao SEO

A sigla SEO significa Search Engine Optimization, ou otimização de motores de busca. Embora ela seja primordialmente para buscar links, vale lembrar que em sua origem, o youtube também é um motor de busca.

A maioria dos usuários quando não tem nenhum conteúdo favorito para ver, procura por algo de seu interesse através da ferramenta de pesquisa do próprio Youtube. Além disso, pessoas que têm necessidades específicas podem buscar um conteúdo em vídeo.

Por isso, quanto mais você conseguir explorar os conceitos de SEO, mais seus vídeos serão destacados na plataforma, fazendo com que você consiga alcançar um excelente público.

Faça parcerias

Uma das principais vantagens do Youtube é a possibilidade de firmar parcerias. Você pode fazer isso tanto com outras empresas, oferecendo trocas de anúncios entre vocês, quanto em parcerias com influenciadores.

Os influenciadores são pessoas que estão bem engajadas na rede e possuem milhares de seguidores. Estas pessoas têm um enorme poder de persuasão e podem conseguir conquistar muito mais espaço para a sua empresa de niquelação, por exemplo.

Neste caso, é preciso encontrar pessoas que estejam ligadas com seu público-alvo. Fazer uma parceria com um influenciador precisa de alguns detalhes que muitas vezes podem fazer a diferença para conquistar um maior público.

O mais importante é garantir que eles tenham liberdade criativa para produzir o conteúdo. O público de um influenciador é muito fiel e nota quando ele está forçando para fazer uma publicidade.

Considerações finais

O conteúdo em vídeos tem ganhado cada vez mais espaço na mídia, então, é importante saber como explorar isso do ponto de vista do marketing. Uma empresa pode obter grandes vantagens dentro do Youtube.

Por isso, você deve identificar os principais meios de explorar seu conteúdo e começar a criar, para conseguir um bom engajamento na plataforma.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Como melhorar o LTV de seus clientes?

Se tem algo realmente indispensável nos dias de hoje são os esforços no sentido de captar e reter cada vez mais clientes. Aí é que entram fórmulas como a do LTV, sigla para LifeTime Value, algo como “Valor do Ciclo de Vida do Cliente”.

Nesse caso, trata-se do valor (seja a receita total ou o lucro) que um cliente gera para uma empresa em seu ciclo de compra. Hoje o conceito de “ciclo de vida do cliente” reforça essa noção de tempo de duração da relação de compra e venda.

Naturalmente, o setor terciário de prestação de serviços tende a ser mais vantajoso nesse sentido, permitindo relações maiores, como no caso de uma administração de condominios comerciais, que lida com contratos, mensalidades e prazos maiores.

Também há casos de contrato de serviço no setor primário e secundário, que lidam com extração de matéria-prima e confecção em nível industrial. Tal como uma empresa de usinagem e caldeiraria, que pode ter clientes nesse formato de parceria.

É no comércio que o desafio se torna muito maior, pois ali nada impede o cliente de simplesmente parar de comprar em sua loja, seja ela física ou virtual. No caso online, aliás, é ainda mais difícil conseguir fidelizar o consumidor.

De fato, vivemos uma época de extrema competitividade e concorrência, na qual todos os dias surgem novas empresas prestando os mesmos serviços. Nesse contexto, qualquer diferencial que uma marca consiga já pode ser um divisor de águas para ela.

Um exemplo está na mão de obra emergencial, como serviços de desentupimento. Nem sempre a pessoa vai precisar desse serviço, mas se ele for bem feito ela vai indicar para muitas pessoas, e o efeito vai ser mais ou menos o mesmo.

Daí a importância de melhorar o LTV de seus clientes, ou seja, de garantir que eles fiquem mais tempo em sua carteira de clientes, comprando e gerando mais receita e mais lucro para o seu negócio, seja diretamente ou não.

Por isso decidimos escrever este artigo, trazendo alguns conceitos fundamentais para melhor compreensão da fórmula, bem como as melhores dicas para colocá-la em prática de maneira realmente eficiente e assertiva.

O mais bacana é que esse tipo de fórmula se encaixa em qualquer segmento ou nicho de mercado, mais ou menos como fórmulas contábeis, que independem do produto ou serviço que está por trás da aplicação.

Então, seja para uma indústria multinacional ou para uma distribuidora de flores local, caso você queira aprender como melhorar o LTV de seus clientes e com isso mudar o seu negócio de patamar, basta seguir adiante na leitura.

Saiba agora mesmo Quando investir em Tráfego Pago

Handsome business man working at the desk

LTV: do que exatamente se trata?

Como vimos, essa abreviação remete ao termo LifeTime Value, que em tradução livre significa algo como o Valor do Ciclo de Vida do Cliente. Ou seja, o valor financeiro que ele gera ao seu negócio entre se tornar cliente e deixar de ser consumidor.

Tudo isso é baseado em uma teoria de Philip Kotler, um dos pais do marketing moderno. Segundo ele, é sete vezes mais barato manter um cliente fidelizado comprando de você do que ter de conquistar um novo cliente.

Portanto, a ideia de aumentar o LTV consiste em fazer com que os clientes que “já são da casa”, como se diz, simplesmente comprem mais em um tempo menor de parceria.

Em um caso de empresas de sinalização de emergência, por exemplo, bastaria você ter um portfólio maior. Ou seja, um mix de produtos que justificasse a troca de certos aparatos, já que se trata de uma questão de segurança física para todos.

Assim, cabe ao marketing, à publicidade e até ao branding de cada marca criar novos cenários, novas abordagens e narrativas que convençam as pessoas a simplesmente comprarem mais do que estavam comprando.

É claro que isso só vai funcionar no médio e longo prazo se você realmente for capaz de entregar valor e agregar algo à vida desses clientes. Afinal, não há marketing que venda um produto ruim por muito tempo, não é mesmo?

Por isso, o grande segredo da concorrência está na capacidade de inovação. Isto é, no poder que você e sua equipe têm de se reinventar com frequência, o que vai garantir uma empresa sustentável também no médio e longo prazo.

Por dentro da aplicação do cálculo

É muito comum ouvir falar em LTV, assim como outras siglas essenciais para a rotina do setor comercial de uma empresa moderna. CAC (Custo de Aquisição do Cliente) é um exemplo clássico, aliás ligado ao LTV.

Seja como for, não é tão simples assim fazer esse cálculo, especialmente no sentido de que só obter os números não vai mudar nada, pois é preciso saber aplicá-los e saber o que fazer com eles na prática.

Além disso, o LTV exige uma cultura de métricas, pois ele vai lidar com outros números. O primeiro deles é o do ticket médio, que nada mais é do que o valor da divisão de todas as vendas feitas em relação ao número de compradores.

Uma empresa de terceirização de portaria que tenha receita de 200 mil reais, com 40 clientes na carteira, tem um ticket médio de 5 mil reais. Depois pegue um cliente específico e multiplique esse valor pelo período do ciclo de vida dele.

Se o contrato durar 12 meses, você terá um LTV de 60 mil reais. Ou seja, esse é o valor que o cliente gera de receita para sua empresa em um ano.

Para utilizar o LTV do lucro basta considerar os valores e cálculos administrativos do seu negócio, abatendo da receita bruta o lucro líquido de cada serviço. Isso pode variar bastante de negócio para negócio.

O que é o Customer Success?

Hoje existe um conceito muito caro ao mundo dos negócios que é o de Customer Success, que nada mais é do que o Sucesso do Cliente. É o bom e velho pós-venda ou suporte aos compradores? Sim e não, pois muita coisa mudou.

Foi-se a época em que era possível deixar um cliente pendurado no telefone por horas tentando resolver um problema simples. Hoje é preciso acompanhar o Sucesso do Cliente passo a passo, para garantir a ele a melhor experiência.

Esse é o melhor modo de aumentar o LTV de uma empresa, garantir que o cliente esteja satisfeito e sinta segurança não apenas para continuar comprando, mas também para variar no seu portfólio.

Usando a geração de conteúdo

Seu cliente só lembra que você existe quando algo dá errado, ou se você ligar diretamente para ele? Saiba que já há modos de impactar positivamente um cliente e convencê-lo a pôr a mão no bolso de maneira indireta.

Trata-se do marketing de conteúdo, que gera conteúdos gratuitos e de qualidade para nutrir aquele cliente frequentemente. Uma empresa de monitoramento pode ter várias frentes atuando nisso, tais como:

  • Blog com artigos novos;
  • E-mail marketing;
  • Disparo de newsletters;
  • Atuação nas redes sociais;
  • E-books e infográficos;
  • Vídeos e podcasts.

Enfim, há vários formatos e até multimídias que fazem o cliente se lembrar de você de maneira positiva, já que você está entregando valor a ele sem cobrar nada por isso. Porém os materiais falam da sua solução e podem fazê-lo consumir mais.

Sobre o famoso churn rate

Termo em inglês para Taxa de Rotatividade, já não é possível falar de LTV sem mencionar esse conceito.

Ele lida com o fluxo de clientes que entram e saem de uma carteira. No caso de empresas de terraplanagem e pavimentação pode ser mais fácil identificar, pois se trata de serviços com contrato, mas e no varejo e demais negócios?

É importante manter a cultura das fórmulas, como dissemos acima, pois um churn rate negativo pode indicar um problema sério de sustentabilidade.

Uma dica para mantê-lo positivo e com isso aumentar o LTV de seus clientes é criando campanhas de premiação de compradores, como sorteios e descontos crescentes.

É o famoso leve 3 e pague 2, que pode funcionar melhor do que imaginamos em um primeiro momento.

Considerações finais

Por fim, podemos dizer que só há três modos de uma empresa faturar mais: aumentando o preço do produto, aumentando a quantidade de clientes, aumentando o ticket médio dos compradores que ela já tem em sua carteira de clientes.

Certamente, aumentar o preço deve ser o último recurso, pois o risco é perder clientes. Aumentar o número de clientes é excelente, mas não é disso que se trata o LTV. Enfim, aumentar o ticket médio pode fazer toda diferença.

Outro modo de fazer isso é ampliando o portfólio de maneira criativa. As empresas de instalações elétricas podem criar serviços de segurança e mesmo contratos de suporte que agreguem valor aos contratos normais de instalação elétrica.

Aqui vale usar a criatividade, pois o céu é o limite. Com isso chegamos ao fim, deixando claro que o LTV de seus clientes pode aumentar de maneira considerável e sustentável, desde que você leve em conta as dicas que demos acima.Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Tipos de conteúdo para engajar e aumentar a conversão de leads

Para conseguir aumentar a conversão de leads, é necessário pensar em conteúdos que gerem engajamento. Inclusive, hoje em dia, quem produz bons conteúdos tem um espaço de destaque maior.

A era da informação a qual estamos inseridos se deve à popularização da internet. As pessoas procuram tudo o que precisam nela, principalmente quando o objetivo é encontrar informação rápida e de qualidade.

As empresas que não entregam esse valor vão ficando para trás, prejudicam sua popularidade e perdem boas oportunidades de negócio.

Aliás, bons conteúdos também são importantes para que a sua marca seja encontrada na web, e assim você tenha a oportunidade de conversar com seu público e mostrar para as pessoas que domina o assunto.

Essa interação traz autoridade de marca e constrói a imagem dela de maneira positiva. E isso faz com que os consumidores se sintam seguros e confiantes em comprar com você.

Então, quando falamos em criar conteúdos para gerar engajamento e conversão, falamos de estratégias importantes para o faturamento do negócio, já que tudo está interligado.

Por isso, neste artigo, vamos mostrar a importância do marketing de conteúdo, os tipos que mais engajam e dar dicas de ações que melhoram o engajamento. Confira!

Veja também Como prospectar clientes a partir do Facebook

Woman lying on sofa with laptop distantly working from home. Female user browses Internet online, communicates in social network, surfing important information. View over the shoulder close up photo

A importância do conteúdo para engajamento e conversão

Se seu objetivo é conquistar mais clientes, gerar leads e engajar o público, você precisa investir na produção de diferentes conteúdos. 

Também é dessa forma que a empresa será encontrada pelos mecanismos de busca, e com isso conquistará mais autoridade e credibilidade.

Por exemplo, quando uma empresa de fomento mercantil produz conteúdos em diferentes formatos, conquista uma quantidade maior de fãs.

Devemos nos lembrar, ainda, que enquanto alguns preferem textos, outros compreendem melhor um assunto por meio de vídeos, já outras pessoas gostam mais de infográficos, áudios, assim por diante.

É exatamente por isso que a produção de materiais relevantes é livre para que você crie no formato que mais se encaixa ao perfil de seu público-alvo.

Oferecendo um conteúdo que aborde um assunto do interesse deles e no formato que preferem, fica mais fácil gerar engajamento e aumentar o número de conversões.

Por isso, no próximo tópico, vamos mostrar quais formatos mais atraem as pessoas e mostrar algumas boas práticas de produção. Continue lendo.

Tipos de conteúdos que mais engajam

Sabemos que as empresas têm perfis distintos de público-alvo, então, aquilo que interessa para os clientes de uma clinica de fisioterapia, por exemplo, talvez não interesse aos clientes de uma loja de brinquedos.

Só que essa premissa também se aplica ao formato dos materiais que a marca publica. E se a intenção é engajar, alguns dos formatos mais eficientes são:

Blogposts

Trata-se de postagens em formato de texto, sendo um dos formatos mais tradicionais e efetivos. Ele é importante para que a marca seja reconhecida de maneira positiva no mercado, pois gera autoridade.

São conteúdos que abordam tendências do mercado, serviços e produtos, de modo a educar o público-alvo. Para gerar engajamento com esse formato, ele deve seguir os interesses da sua persona e utilizar uma linguagem adequada.

Se você já sabe quais são os interesses do seu público, escolha palavras-chave adequadas que tenham a ver com a pauta e aplique as estratégias de SEO. Esses textos podem assumir diferentes estilos, como:

  • Noticioso;
  • Educativo;
  • Institucional;
  • Listas.

Esse formato de criação de conteúdo permite que uma empresa de, por exemplo, cotação de seguro auto se posicione como especialista no mercado, além de ranquear bem o blog nos resultados de pesquisa.

Vídeos

Os vídeos assumem o formato mais popular, visto que são mais interativos, didáticos e chamativos. A empresa pode, ainda, transmiti-los ao vivo, o que gera mais identificação e empatia com o público.

Para produzir um bom vídeo, é necessário que ele seja profissional e de qualidade, investindo em bons equipamentos, iluminação e programas de edição.

Além disso, para garantir a qualidade do material, uma empresa de automatização de maquinas industriais, por exemplo, conta com um profissional que saiba apresentar os vídeos.

Webinars

O webinar é um tipo de palestra online, transmitido ao vivo e que aborda um assunto de maneira aprofundada. Ele tem data e hora para acontecer e os usuários precisam se inscrever para ter acesso à transmissão.

Mas veja bem, ele é diferente das lives, que são transmissões mais espontâneas e não programadas pelos transmissores. Então, para fazer um bom webinar, é necessário planejar seu conteúdo com antecedência, de modo que a pauta seja abordada de forma completa.

É necessário contar com espaço adequado, convidados, equipamentos de qualidade, como câmeras e microfones, boa iluminação e uma plataforma que suporte a transmissão.

Também é importante que a marca permita a interação do público, mas de maneira organizada. Assim como nas palestras, é interessante reservar um momento ao final da exibição para responder às perguntas dos participantes.

Podcasts

Os podcasts também se tornaram muito populares, sendo que sua maior vantagem é que o usuário pode consumir o conteúdo enquanto realiza outras tarefas, como dirigir, limpar a casa, dentre outras.

Portanto, estamos falando de um formato de conteúdo ideal para transmitir informações relevantes, sem interromper a rotina das pessoas e sem consumir uma grande quantidade de dados, como no caso dos vídeos.

O podcast dá voz à empresa, então, se alguém deseja comprar compressor de ar, por exemplo, pode ouvir as dicas da marca de compressores e conhecer um pouco mais sobre sua identidade.

Para criar um podcast de qualidade, é necessário contar com equipamento de gravação adequado e investir em pautas como tendências de mercado, responder a perguntas frequentes, dentre outras possibilidades.

Outra dica é investir em vinhetas que marquem o podcast e façam com que o público reconheça a marca imediatamente.

Infográficos

Esse conteúdo reúne informações verbais e visuais, capazes de transmitir dados e conceitos de forma simplificada. Assim, o leitor pode até mesmo entender assuntos mais complexos.

Para produzir um infográfico de qualidade, é necessário que ele tenha textos, ilustrações, gráficos, sons, ícones, dentre outros tipos de mídia.

Agora que você já sabe quais são os melhores formatos de conteúdo para que uma empresa de, por exemplo, desenvolvimento de software sob medida ou qualquer outra gere engajamento e conversões, vamos a mais algumas dicas importantes.

Dicas gerais para melhorar o engajamento

O engajamento é importante para que a empresa possa estar mais próxima do consumidor e de seus clientes. Só que para isso, ela precisa investir em práticas como:

SEO

SEO é uma sigla para Search Engine Optimization e essa estratégia reúne práticas que visam otimizar uma página ou um conteúdo, para que eles sejam rapidamente encontrados nos motores de busca.

Em outras palavras, é fazer com que sua empresa apareça entre os primeiros resultados de pesquisa.

Para isso, é necessário escolher palavras-chave adequadas, usadas pelos usuários para encontrar determinado assunto.

Além disso, uma empresa que instala tela de proteção, por exemplo, deve investir em um site responsivo, URL amigável, dentre outras práticas que garantam boa usabilidade do site ou blog.

Conhecer o público-alvo

Como engajar as pessoas se você não sabe quem são elas, o que procuram, suas necessidades e interesses? Conhecer o público-alvo é saber tudo isso e um pouco mais.

Com base nisso, a marca vai trabalhar com estratégias direcionadas, que vão chamar a atenção dessas pessoas, despertar o interesse delas e fazer com que se aproximem.

Usar títulos chamativos

Tudo o que faz parte do conteúdo precisa ser interessante para a sua persona. Mesmo que você produza um excelente material, se o título não for interessante, ele não trará bons resultados.

Quantas vezes deixamos de ler um e-mail ou assistir a um vídeo porque o título não despertou nosso interesse? Um bom exemplo de título interessante seria: “Entenda as vantagens da terceirização de portaria e limpeza”.  

Quando o assunto é comprar alguma coisa, todo cliente quer ter vantagens. Essas palavras são gatilhos mentais que tornam o produto ou serviço mais atraentes.

Além disso, o título não pode ser muito longo, deve contar com a palavra-chave e deixar claro qual assunto será abordado.

Orientar os conteúdos pelo perfil do público

Apesar de parecer óbvio, algumas empresas ainda pecam nesse sentido. Aliás, aqui voltamos à dica que demos anteriormente, que é conhecer o seu público-alvo.

Só assim você pode orientar o conteúdo, ou seja, adaptá-lo aos interesses dessas pessoas e fazer com que elas o consumam.

Conclusão

O marketing de conteúdo é uma estratégia importante para atrair pessoas, gerar engajamento e facilitar as conversões. É exatamente por isso que ele é crucial para o funil de vendas.

Neste artigo, você aprendeu um pouco mais sobre sua importância, formatos engajadores e outras práticas importantes para o crescimento da sua marca. Com elas, seu negócio vai mais longe na web.Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Por que o Android é melhor que o IOS?

Por que o Android é melhor que o IOS? Muitas pessoas querem de fato saber como diferenciar sistemas importantíssimos que estão presentes nos celulares atualmente.

Essa briga entre Android e IOS é antiga, onde fãs de Android brigam para defender seu lado e os fãs de IOS também brigam para defender seu lado.

Porém, existem vários critérios para se considerar ao analisar qual sistema de operação de fato é o melhor de todos.

Como existem várias variáveis para se considerar, deve-se analisar com cuidado para realmente saber qual sistema operacional é melhor.

Sabemos que o sistema operacional Android possui menos limitações referente ao sistema operacional do IOS, no Android é possível ter mais liberdades já no IOS é tudo muito limitado a Apple.

Além disso, existem no Android também algumas falhas, pois liberdade demais as vezes pode danificar o aparelho, fazer com que ele vicie ou contraia algum vírus para o aparelho e isso é ruim.

Por isso, além de depender de gosto pessoal, pois existem pessoas que preferem Android e outras pessoas que prefiram IOS. Além disso, existe a possibilidade de instalar uma versão alternativa do Whatsapp original, com muito mais funções, como por exemplo o GBWhatsApp.

A briga entre sistemas operacionais está muito além disso, pois ambos sistemas vem se destacando nos aparelhos mais atuais de forma incrível.

Proporcionando para os aparelhos uma tecnológica muito mais avançada.

Ambos os sistemas operacionais já oferecem atualmente a função de desbloquear o celular usando apenas a face ou a digital.

Além de todas essas melhorias os sistemas operacionais Android e IOS também possuem diversos outros benefícios tecnológicos.

Nesse artigo da AJJ você saberá porque o Android é melhor que o IOS e também saber algumas curiosidades sobre esse assunto.

 

 A diferença entre Android e IO19S

Antes de saber por que o Android é melhor que o IOS, você deverá saber primeiro qual a diferença entre esses dois sistemas operacionais que fazem grande sucesso atualmente.

Os sistemas operacionais dos smartphones possuem de fato muitas coisas em comum, mas também possui suas próprias diferenças, suas peculiaridades.

Por exemplo, o sistema operacional da Apple (no caso, o IOS) foi preparado e desenvolvido para funcionar apenas em dispositivos Apple, como por exemplo: IPhones, IPads, Macbooks e etc.

Já o Android é um sistema operacional diferente, o Android é muito mais aberto e flexível para todos utilizaram, tanto que, existem aparelhos eletrônicos de diversas marcas que usam esse sistema operacional.

Por poder ser funcional em qualquer marca de eletrônico, o Android é também muito mais usado que a Apple que é bem mais restrita a aparelhos da própria marca, deixando o Android com o posto de sistema mais usado.

O Android também tem uma flexibilidade muito maior referente a Apple, por exemplo, nos dispositivos Android é possível expandir muito mais a memória do aparelho.

Como isso é possível? É feito com o uso de cartões de memória que o proprietário do celular pode comprar e expandir a memória o quanto quiser.

Já o IOS não funciona desse jeito, a Apple vende os modelos de seus aparelhos já com as memórias fixas e sem a possibilidade de expansão.

Por exemplo, os modelos mais caros dos iPhones, são aqueles que possuem uma memória maior.

Para melhor entendimento, um iPhone 11 atualmente pode ser vendido com vários preços, apesar de ser o mesmo aparelho.

Isso ocorre devido a quantidade de memória, um aparelho com mais memória, 256GB por exemplo, vai ser mais caro que o aparelho de 64GB.

Afinal, por que o Android é melhor que o IOS?

Existem alguns motivos muito bons que fazem o argumento de que o Android é melhor que o IOS.

Além de ser uma questão de gosto pessoal, o Android pode fazer muitas coisas que o sistema operacional do IOS não pode fazer, isso devido a sua flexibilidade e liberdade que proporciona ao proprietário do aparelho que possui o sistema operacional.

Enfim, além disso os motivos que fazem alguém escolher um celular ou algum outro aparelho que contém o Android ao invés de conter o iOS.

Por exemplo, nos celulares que contém o sistema operacional Android, o alarme informa daqui a quanto tempo irá despertar, ou seja, informa quantas horas de sono você terá naquela noite.

Isso contribui para muitas coisas, em especial para a saúde da pessoa que sabe o mínimo que deve dormir em uma noite.

O Android possibilita o desbloqueio de tele usando desenhos, tudo bem que isso pode ser algo um pouco ultrapassado devido às facilidades do Touch ID e do Face ID mas ainda assim, atrai o interesse de pessoas que gostam dessa função é essa função não existe no IOS.

As fotos no rolo de câmera dos celulares Android são separados por pastas automaticamente.

Apesar de que nos iPhones com sistema operacional IOS também possuem a função de arrumar as pastas manualmente, porém no Android isso é automático.

Pode parecer algo banal, porém ficar arrumando pastas e arquivos pode ser um pouco entediante.

O Android nesse quesito pode oferecer mais facilidade, e atualmente os aparelhos eletrônicos, principalmente celulares exigem praticidade.

No Android você também pode expandir sua memória do aparelho, com os famosos cartões de memória e ainda não sai caro e você pode expandir muita memória.

Já no IOS isso não é possível, pois como já visto, os modelos dos iPhones são vendidos de acordo com suas quantidades de memória.

E caso queira expandir sua memória, deverá pagar caro por isso para poder expandir memória no ICloud.

O Android também se destaca muito do IOS no quesito bateria, é fato de que bateria dos iPhones são um problema muito difícil, ainda mais com o passar do tempo, em que a saúde da bateria vai diminuindo e ficando ainda pior.

No Android, as baterias são melhores, e duram muito mais do que as baterias dos dispositivos novos da IOS.

Esses motivos fazem com que o Android possa se destacar um pouco em cima do IOS, porque o Android é realmente bom e também é mais barato que os celulares com um sistema operacional IOS.

Conclusão

Os dispositivos que possuem o sistema operacional Android tem se destacado cada vez mais no mercado devido ao seu potencial e fazer tudo de forma excelente, principalmente os produtos mais novos.

Isso faz com que os celulares com Android seja mais vendido e mais valorizado com o tempo.

Quer saber mais sobre sistemas operacionais e sobre Android e IOS, continue acompanhando nosso site.

jogos de azar e loterias

Vício em jogos de azar e loteria – você tem força para desistir?

Jogar em loterias, pôquer, caça-níqueis e outros jogos de sorte pode ser um passatempo divertido para algumas pessoas.

O jogo casual pode matar o tempo e ser esquecido no final do dia. Para outros, pode ter tons mais graves.

O vício em jogos de azar é um problema muito sério – que pode arruinar vidas se não for corrigido rapidamente.

O que é o vício em jogos de azar?

O Center on Addiction define o vício como uma doença complexa e freqüentemente crônica que “afeta o funcionamento do cérebro e do corpo”.

A falta de controle dos impulsos é o sintoma que define qualquer tipo de vício. Transtorno do jogo – outro termo para o vício em jogos de azar – não é diferente. Veja o mais popular jogo de azar do Brasil aqui http://palpitesdobicho.com.br/.

O jogo compulsivo é muito diferente do jogo casual. Jogadores patológicos sentem um desejo irresistível de jogar, apesar do preço que isso leva em suas vidas.

De acordo com o atual Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM), o transtorno do jogo é uma condição psiquiátrica e um tipo de dependência comportamental .

Como qualquer vício grave, o distúrbio do jogo pode sobrecarregar e, eventualmente, prejudicar as relações pessoais e profissionais além do reparo – mas essa não é a extensão total dos destroços que pode deixar em seu rastro.

A Clínica Mayo explica que o jogo pode estimular o sistema de recompensa do cérebro da mesma maneira que o álcool ou as drogas.

E como os viciados estão sempre perseguindo a próxima “recompensa” ou a próxima “alta”, a saúde financeira dos jogadores compulsivos corre risco constante.

Os viciados em jogos de azar são particularmente propensos a queimar suas economias e se endividarem.

Esse tipo de dependência não é apenas difícil para o cérebro e o corpo, mas também para a carteira. A casa, como dizem, sempre vence – duplamente quando se trata de jogos compulsivos!

Estatísticas do vício em jogos de azar

48 estados dos EUA permitem jogos legalizados de alguma forma. É proibido no Havaí e Utah. 85% da população adulta do país tentou jogar pelo menos uma vez.

Nevada é o estado dos EUA mais viciado em jogos , de acordo com uma análise de 2018 da WalletHub . Não surpreendentemente, o vício em jogos de azar é mais prevalente em áreas onde o jogo é uma grande parte da cultura local.

Cerca de 2 milhões de adultos ou 1% da população adulta podem ser classificados como jogadores patológicos em um determinado ano. Isso está de acordo com o Conselho Nacional de Jogos de Azar (NCPG).

Outros 4-6 milhões de adultos ou 2-3% da população podem ser chamados de jogadores problemáticos.

O NCPG define jogadores problemáticos como aqueles que não atendem a todo o conjunto de critérios para o vício em jogos, mas ainda enfrentam dificuldades devido ao hábito. No entanto, muitos usam os termos jogo problemático, jogo patológico e jogo compulsivo de forma intercambiável.

Cerca de 40% dos jogadores problemáticos iniciam o hábito antes de completar 17 anos.
Estima-se que aproximadamente 500.000 adolescentes em todo o país se ajustem à definição de um jogador problemático.

Mais de 20% dos jogadores compulsivos nos EUA acabam pedindo falência devido a dívidas e perdas. 61% dos americanos mais pobres estão entre os maiores jogadores de loterias todos os anos.

1 em cada 5 jogadores patológicos realiza uma tentativa de suicídio. Essa é a taxa mais alta observada entre todos os transtornos aditivos.

Em uma nota positiva, cerca de 95% da população é capaz de ser um jogador responsável.
Mitos sobre o vício em jogos desmascarados.

Há muitos mal-entendidos quando se trata do vício em jogos de azar. As estatísticas ajudam a criar uma imagem mais precisa do problema, mas também é importante separar os mitos profundos dos fatos.

Por exemplo, você sabia que alguém pode desenvolver um vício em jogos de azar ? Não importa quantos anos alguém tem ou como é seu estilo de vida. Quando o jogo começa a ter um impacto negativo em sua vida, isso se torna um problema.

O vício em jogos de azar pode ser evitado?

Prevenir o vício em jogos de azar é um desafio. De fato, pode não ser possível na maioria dos casos. Limitar a exposição pode funcionar, mas é preciso lembrar que o jogo sempre fará parte da sociedade moderna.

Se você ou alguém que você conhece tiver um problema de jogo de loteria, por exemplo, será especialmente difícil limitar a exposição.

Afinal, é uma das formas mais onipresentes de jogo. Está presente em lojas de conveniência locais, exibidas na TV e até tem lugar nos jornais.

Com a prevalência de sites de loteria online, mesmo a Internet não é segura para jogadores de loteria que tentam reduzir o hábito.

O que fazer: Como lidar com o vício em jogos de azar

A melhor coisa que pode ser feita na maioria dos casos é reconhecer que o problema existe. Se você suspeitar que alguém com quem você se importa possa ser um problema ou jogador compulsivo, convém realizar uma intervenção .

Embora seja mais eficaz durante os primeiros sinais de problemas com jogos de azar, a intervenção em qualquer estágio é incentivada .

Por quê? Lançar uma luz sobre o vício em jogos e mostrar que você se importa é importante. As pessoas podem não ter consciência de seu vício e, mesmo se estiverem, podem estar em negação. Estima-se que mais de 80% dos viciados em jogos nunca busquem tratamento.

Você tem uma sensação de que você pode ter um vício do jogo? Leia e veja se seus hábitos correspondem aos sintomas listados abaixo. Lembre-se: nunca é tarde para procurar ajuda .

Sintomas: Como identificar um viciado em jogos de azar

Diremos novamente: jogadores compulsivos podem não perceber que são viciados. Permitir que alguém descubra por conta própria não é uma boa idéia.

Quando estiverem prontos para admitir seu vício, pode ser tarde demais (isto é, eles já podem ter dívidas).

Se você ou alguém que você conheceu exibiu pelo menos quatro dos seguintes sintomas no ano passado, é muito provável que você esteja observando um distúrbio do jogo.

Gastar uma quantidade crescente de dinheiro – e tempo – para obter o “alto” desejado ou aquela sensação de empolgação que se obtém com o jogo.

Estar muito preocupado com pensamentos sobre jogos de azar (ou seja, analisando jogos passados, explorando maneiras de “enganar o sistema”, fazendo futuros planos de jogo etc.).
Estar inquieto quando forçado a reduzir o jogo.

Sentindo-se culpado por jogar. Mentir para esconder atividades de jogo. Usar o jogo como uma forma de fuga quando estressado ou angustiado.

Tentando frequentemente recuperar as perdas – mesmo ao custo da dívida. Confiando em outras pessoas para ajudar com problemas financeiros causados ​​por jogos de azar.

Continuar jogando mesmo com o risco de perder um emprego, um relacionamento, uma oportunidade educacional e coisas do gênero.

Ainda não tem certeza se o que você está avaliando pode ser chamado de jogo compulsivo? Conhecimento adicional pode ajudar.

Vamos dar uma olhada mais de perto nos tipos de jogo patológico, bem como na trajetória típica de um vício em jogo em desenvolvimento.

Qual o maior premio da lotofacil

HISTÓRIA DA LOTOFACIL

Lançada em setembro de 2003 pela Caixa Econômica Federal, de propriedade do governo, um dos maiores bancos do país, a Lotofacil mantém-se entre as outras grandes loterias do Brasil por causa de seu jogo único e de chances muito mais justas.

Um jogo mais jovem que seus irmãos, alguns dos quais foram fundados nos anos 90, a Lotofacil manteve seu formato mais ou menos consistente ao longo de todos esses anos, porque nunca houve uma necessidade de consertar algo que nunca foi quebrado para começar.

Dos recursos arrecadados pela loteria, 54,7% são destinados a várias instituições de caridade e iniciativas sociais, educacionais e de saúde em todo o país.

Uma das coisas que mais se destaca no Lotofacil é o seu alto nível de transparência, à medida que auditores, voluntários e membros do público são convidados a cada sorteio para garantir que tudo seja feito de acordo com os regulamentos sem que ocorra algo suspeito.

Isso envolve verificar a posição das bolas, garantir que cada uma das cinco esferas esteja vazia antes do início do sorteio e confirmar o número correto de bolas que estão nas esferas quando o sorteio estiver em andamento.

COMO JOGAR LOTOFÁCIL

Ingressos LotofacilO que torna o formato da Lotofacil tão único – é diferente de todas as outras loterias que já revisamos – é que os jogadores devem selecionar e combinar 15 números de 1 a 25 para ganhar seu jackpot.

Embora possa parecer que muitos números correspondam corretamente, o fato de o intervalo ser limitado a 25 significa que as chances de ganhar são realmente melhores do que algumas das melhores loterias do mundo .

Os prêmios secundários, que são distribuídos por quatro categorias adicionais, são concedidos por números 14, 13, 12 ou 11 correspondentes.

Você pode escolher jogar seus próprios números da sorte ou optar por escolher números aleatórios por meio da seleção do sistema.

Se você quiser aumentar suas chances de ganhar, pode pagar mais por mais números do que o necessário – de 16 a 18 no total.

No entanto, como isso aumenta as combinações de números disponíveis, aumenta significativamente o custo de reprodução de R $ 2 (cerca de 0,47 €) para uma entrada única composta por 15 números a R $ 1.632 (364 €) por 18 números, o que é equivalente a 816 entradas.

Durante cada sorteio de Lotofacil, são utilizados cinco globos e cada uma das bolas é codificada por cores de acordo com o número impresso.

Por exemplo, todas as bolas numeradas 1 são coloridas de vermelho, todas as bolas numeradas 2 são amarelas, todas as bolas numeradas 3 são verdes etc.

LOTOFÁCIL DA INDEPENDENCIA

Uma vez por ano, em setembro, há um sorteio especial chamado Lotofácil da Independência, e esse sorteio tem um jackpot significativamente maior do que os sorteios mensais regulares do Lotofácil.

Neste sorteio, 80% do dinheiro é alocado ao prêmio do jackpot, comparado aos 65% regulares. Além disso, ao contrário dos sorteios regulares, que rolam se não houver vencedor, o jackpot desse sorteio rola para o nível do prêmio secundário (que tem chances 150 vezes melhores) se ninguém acertar todos os 15 números. Não é de admirar que este sorteio seja tão popular quanto ele!

PROBABILIDADES DE GANHAR LOTOFACIL

As chances de ganhar um jackpot Lotofacil são muito boas em 1 em 3.268.760. Essas são chances melhores do que a maioria das loterias internacionais e certamente muito melhores do que as de outras loterias populares do Brasil, incluindo Mega Sena (1 em 50.063.860), Quina (1 em 24.040.016) e Dupla Sena (1 em 15.890.700).

Claro, os prêmios regulares da Lotofacil podem não ser tão grandes quanto os oferecidos por esses outros jogos, mas não há como negar que ainda é um jogo muito mais justo no geral.

Outros jogos que oferecem chances semelhantes são Chile Clasico Loto (1 em 4.496.388) e Itália MillionDAY (1 em 3.478.761), enquanto jogos com chances mais difíceis, mas com prêmios muito maiores, incluem Hungria Hatoslottó (1 em 8.145.060) e Austria Lotto (também em 8.145.060) .

Aqui está o detalhamento completo dos cinco níveis de prêmios da Lotofacil:

Nº de números correspondentes

Prêmio

Probabilidades de ganhar

15

Jackpot

1 em 3.268.760

14

20% da piscina

1 em 21.791

13

R $ 20

1 em 691

12

R $ 8

1 em 59

11

R $ 4

1 em 11

TEMPO DE DESENHO DO LOTOFACIL

Os três sorteios semanais da Lotofacil acontecem nas noites de segunda, quarta e sexta-feira às 20:00 BRT na sede da Caixa Econômica Federal em Brasília.

Todos os prêmios devem ser reclamados dentro de 90 dias; aqueles que não são reivindicados são considerados perdidos e doados para as várias causas sociais que a Lotofacil normalmente apoia.

MAIORES JACKPOTS DO LOTOFÁCIL

Todos os maiores jackpots do resultado da Lotofácil foram os oferecidos nos sorteios especiais do Lotofácil da Independência, realizados em setembro ou por volta de setembro. Os maiores até o momento são os seguintes:

R $ 89.610.757 (19.982.442 €): 9 de agosto de 2015
R $ 88.583.865 (19.753.454 €): 9 de setembro de 2017
R $ 82.275.069 (18.346.645 €): 9 de setembro de 2016
Quanto aos sorteios regulares, seus jackpots são geralmente cerca de 10 a 20 vezes menores do que os escritos acima.

Vencedores do Jackpot Lotofacil

OPÇÕES DE PAGAMENTO

Os vencedores do jackpot da Lotofacil têm a opção de receber seus ganhos como uma quantia única ou por meio de pagamentos de anuidades por um número predefinido de anos.

Se você optar pela opção de anuidade, os detalhes serão necessários para trabalhar com a Caixa Econômica Federal antes de reivindicar seus ganhos.

IMPOSTOS

Quando se trata de impostos, a Lotofacil não é diferente de nenhuma das outras loterias do Brasil; em outras palavras, o mesmo imposto federal de 13,8% se aplica a todos os ganhos.

Se você mora em um país que também tributa vitórias na loteria, seus ganhos podem estar sujeitos a uma dupla tributação.

Como isso varia de país para país e de governo para governo, é algo do seu interesse analisar antes de começar a jogar.

COMO JOGAR LOTOFACIL ONLINE

A melhor maneira de jogar Lotofacil online é através dos melhores agentes de bilhetes de loteria . Esses serviços, também conhecidos como sites de loteria on-line, abrem o mundo das loterias internacionais para jogadores de todos os cantos do planeta.

Eles também oferecem ótimas vantagens, jogos em grupo, assinaturas, cópias digitalizadas de ingressos e muitos outros ótimos recursos que você raramente encontra no site de qualquer loteria oficial.

LOTOFÁCIL – VALE A PENA JOGAR?

Com grandes chances, cinco categorias de prêmios, um formato extremamente exclusivo, três empates semanais e preços de ingressos baratos, vale a pena jogar na Lotofacil.

Provavelmente, não é apenas a melhor loteria brasileira em geral, é uma das loterias internacionais mais equilibradas que já tivemos a sorte de experimentar e revisar.

Embora os prêmios geralmente não fiquem muito altos e o imposto de 13,8% seja um incômodo, as outras vantagens do jogo – especialmente o sorteio anual especial do Lotofácil da Independência – acabam por compensar.

Por que ter um antivírus?

A internet por conectar diariamente milhões de pessoas de diversas partes do mundo é considerada se não o principal, um dos principais meios de comunicação da atualidade. Esse recurso que facilita a vida de muitos usuários, também tem seus pontos negativos, dentre eles podemos citar os vírus, que frequentemente são noticiados na mídia, principalmente depois do caso de vazamento das conversas que diversas autoridades relevantes no cenário nacional tinham no aplicativo Telegram.

Muitos hackers fazem uso de vírus para roubar informações importantes, sequestrar dados e chantagear a pessoa cujo qual os dados que foram roubados possuem algum tipo de relevância. Sendo assim, é muito importante que estejamos sempre atentos aos perigos que estamos expostos ao fazer uso da vida virtual.

Pensando nisso, nós da equipe aaj.org.br pensamos em escrever sobre esse assunto e informar aos nossos leitores a importância de ter um antivírus protegendo seu computador, celular, tablet ou qualquer outro aparelho que você utilize para acessar a internet. Caso não queira gastar com essa proteção, na internet é possível encontrar alguns antivírus gratuitos, mas é importante que busque sempre o melhor antivirus gratis para a sua proteção.

Para podermos começar esse assunto de grande relevância, é importante que inicialmente você compreenda o que é um vírus, para depois entender o motivo de ter um antivírus para sua proteção.

Entendimento sobre o vírus

Vírus é um programa pequeno desenvolvido por hackers e espalhado na internet, utilizado para burlar a proteção dos aparelhos que fazem uso da internet e poder causar diversos danos ao usuário desse meio.

Existem vários tipos de vírus, porém, os mais difundidos na internet e cujo qual os usuários frequentemente se deparam, são o cavalo de tróia (permite ao hacker ter acesso remoto ao computador que esteja conectado a internet), Malware (usado para deletar dados e roubar informações) e os spywares (utilizado para conseguir logins e senhas).

Motivos para ter um antivírus

Os antivírus são responsáveis por proteger os aparelhos conectados na internet dos perigos que os usuários ficam expostos ao navegar na rede, tornando necessário que os usuários procurem sempre uma versão de qualidade e se mantenham atento as atualizações, pois frequentemente os hachers desenvolvem meios de transpor essas barreiras de proteção e façam com que os antivírus sempre necessitem estar se atualizando e disponibilizando novas verões para seus clientes.

Para que os nossos computadores e celulares estejam a salvos dos vírus, é necessário ter um bom antivírus instalado, a fim de defender as nossas máquinas desse tipo de invasão. Com um programa como esse instalado, mantemos os nossos dados em segurança.

 

Agora que já sabe a importância de ter um bom antivírus, não deixe de baixar e/ou atualizar o seu!!!

série olhos que condenam

Olhos que Condenam: o pior de nós nas telas

Olhos que Condenam: o pior de nós nas telas

Diz o ditado que a justiça tarda, mas não falha. E, embora diga mais respeito à justiça espiritual, não necessariamente é correto.

Isso está diante de nós em Olhos que Condenam, minissérie baseada em fatos reais.

Nela, a famosa história dos “cinco de Nova Iorque” é contada.

De maneira dramática, revelam-se os horrores e violência aos quais os cinco garotos foram submetidos por mais de uma década. E o pior: tudo isso injustamente.

A história real dos “cinco de Nova Iorque”

Parte 2 de olhos que condenam

A história por trás de Olhos que Condenam sucedeu-se entre os anos 80 e 2000. Cinco então adolescentes negros são aleatoriamente detidos. Na Delegacia, Linda Fairstein e os policiais envolvidos no caso usam de coação para incriminá-los por um violento estupro ocorrido no Central Park.

A tática, utilizada pelos ditos “agentes da lei”, corresponde a força-los, individualmente, a acusarem-se uns aos outros.

O fato torna-se mais simples uma vez que não se conhecem. O primeiro contato de todos é já depois de terem seus depoimentos coletados. Seus pais e defensores não puderam participar do procedimento.

Sendo a maioria composta por menores de idade, quase todos são internados em reformatórios. Apenas um deles, Korey Wise, é preso como adulto. Na prisão, enfrenta todo tipo de sofrimento, pagando por um crime que jamais cometeu.

Há linhas narrativas distintas em Olhos que Condenam. A mais chocante concentra-se nos anos de prisão de Korey Wise. Outra, foca no processo de julgamento e condenação de todos, nos anos 80.

Veja também em nosso site: Banda Larga Popular

O nome por trás da minissérie

Olhos que Condenam foi escrita e dirigida por Ava DuVernay, sendo distribuída pela Netflix. Teve sua estréia no 31 de maio deste ano. O título original é “When they see us” — traduzindo livremente: Quando eles nos vêem.

Ava fundamentou-se nos relatos coletados dos verdadeiros “cinco de Nova Iorque”. A questão racial é pano de fundo constante.

Dos conselhos parentais, atitudes da Polícia e Promotoria às estratégias dos advogados, o racismo é determinante.

Sua pele os faz culpados frente ao Estado ainda que todas as provas digam o contrário.

A polêmica ressuscitada por Olhos que Condenam

Linda Fairstein, ex-promotora e escritora, é a peça-chave na condenação injusta dos cinco jovens. Ava, escancarando suas ações na época, motivou o público a promover boicotes contra ela. Há petições em curso, solicitando que os livros de Linda deixem de ser vendidos. Ela desligou-se de bancas universitários e funções em ONGs após as duras críticas.

A grande lástima é que, por mais que “julguem e condenem” Fairstein agora, nada reparará o sofrimento vivido pelos rapazes.

Vale a pena assistir Olhos que Condenam?

Parte 3 de olhos que condenam

O elenco, destacando-se os cinco jovens, é impecável. E, por mais que a história seja apavorante e muito triste, Ava DuVernay realizou um trabalho imenso. Tudo é muito bem exposto, o clima é aterrorizante e — sem spoiler — o final é belíssimo.

Caso  esteja em dúvida da qualidade da minissérie, convido a visitar a plataforma IMDb. Nela, Olhos que Condenam (When They See Us) alcançou a impressionante nota 9/10, raríssima numa produção com tema tão polêmico.

Apesar da tristeza que nos trazem relatos assim, é um serviço conhece-los. Apenas compreendendo os horrores da realidade seremos capazes de melhorar.

Assista Olhos que Condenam, disponível no catálogo da Netflix, ou baixe nesse site de filmes torrent, e surpreenda-se. Há muito que devemos refletir sobre nosso passado e, claro, nosso futuro enquanto sociedade.

Quando vir, lembre-se de voltar aqui e nos contar o que achou. Estamos ansiosos por saber sua opinião.

Como criar uma loja online que realmente vende

Um funil de vendas não recebe seu nome por acaso, mas reflete, exatamente, a forma que representa o processo do cliente em potencial até se tornar um cliente fiel.

O tamanho do funil reflete, na parte mais ampla, o número de consumidores que estão cientes do negócio. A partir daí, o funil é reduzido, pois apenas alguns, em comparação com a primeira fase do funil, decidem comprar.

Nesta postagem, queremos fornecer dicas para criar uma loja on-line que realmente venda ou, o que é o mesmo, melhore o funil de vendas passo a passo.

O objetivo da loja on-line também muda dependendo da fase do funil em que está localizada.

O que fazer para construir lealdade em cada fase?

  1. Atrair a comunidade que ainda não conhece você
  2. Olhe para quem já sabe que você existe
  3. Ofereça mais àqueles que estão dispostos a pagar por seus serviços
  4. Converter
  5. Nunca se esqueça daqueles que já te compraram

Agora, veja várias dicas que damos a você para melhorar o funil de vendas de um comércio eletrônico e tomar nota.

Formas de melhorar o funil de vendas de um comércio eletrônico

1. Verifique se o seu site oferece uma ótima experiência

Certifique-se de que seu site tenha uma experiência agradável para os usuários. Para isso, você precisa garantir que o site carregue rápido, seja limpo, intuitivo, tenha um design atraente, seja exibido corretamente em dispositivos móveis e que os processos de compra sejam fácil

Se você tem um site que atende a todas essas características, pode dizer que já tem 40% de chance de aumentar suas vendas.

Para conseguir isso, você deve primeiro escolher uma hospedagem que ofereça um bom serviço.

Você também pode usar um web designer especializado para fornecer conselhos e até ler alguns artigos, como os seguintes:

2. Certifique-se de ter bons comentários em redes sociais

A maior parte do seu tráfego vem de anúncios e redes sociais. A maioria dos consumidores olha para os comentários e referências de outros usuários através do Facebook, Twitter ou Instagram,

Por exemplo. As pessoas antes de comprar querem ter certeza de que há algo além das palavras da empresa.

Os testes sociais criam confiança e são essenciais para aumentar as conversões, portanto, a figura do Community Manager , por exemplo, é muito necessária.

Interagir nas redes e gerar conversas em torno da marca ajudará o negócio a se expandir e ser mais conhecido. No nível de SEO, se houver uma boa estratégia, o consumidor chegará antes do seu negócio.

3. Campanhas de PPC podem ser uma boa alternativa

Esse tipo de campanha permite que você pague páginas da web para compartilhar sua publicidade. O pagamento só é feito quando alguém clica no anúncio ou no grau de impacto que recebe.

Uma dica é usar campanhas de PPC como Google Ads para direcionar seu tráfego para páginas de destino para obter os endereços de e-mail do seu público.

4. Complemente sua estratégia digital com marketing tradicional

Com isso, não queremos dizer que você rejeita o marketing moderno para atrair novos consumidores. Panfletos, anúncios de TV, eventos ao vivo ou cartas na caixa de correio ainda são eficazes.

Isto é especialmente verdadeiro quando combinado com mensagens de texto porque, acredite ou não, ainda existem pessoas que usam o SMS.

5. Landing Pages são essenciais para aumentar a conversão

A landing page é aquela que possui conteúdo que aponta exclusivamente para um problema. Isso oferece uma chamada à ação, cujo objetivo final é capturar as informações de contato do cliente em potencial ou fazer uma venda.

Envie seu tráfego para a página de destino e você verá o aumento na taxa de conversão.

6. Criar um apelo à ação claro nas suas páginas

Para cada página web, pergunte-se o que você precisa para fazer o seu público, o que eles precisam e decidir a ação que você vai tomar com base em suas preferências de usuário e adicionar um claro apelo à acção em diferentes partes da web.

7. CRM permitirá que você tenha um melhor controle

CRM refere-se ao software que permite às empresas acompanhar todas as interações com clientes atuais e potenciais. É uma ferramenta que ajuda a identificar clientes potenciais no funil de vendas.

8. Monitoramento Social ajuda você a identificar potenciais clientes

O monitoramento de palavras-chave relacionadas à empresa pode ajudar a identificar os consumidores que estão prestes a comprar.

Com isso, temos acesso a pesquisas relacionadas ao nosso produto com aqueles que o fazem da concorrência.

9. Seja grato por tornar seus clientes fiéis

O mais importante é não esquecer de agradecer. Confiando no serviço, interagindo com o negócio e confiando nele. Você também pode parabenizar seu cliente por seu aniversário, por sua estada e por oferecer vales de cupons ou descontos para que eles também sejam gratos a você.

10. Gere um bom conteúdo de valor para seus clientes

Fazer conteúdo complementar e original pode ter um valor agregado positivo para o negócio. Especialmente, white papers e e-books, são um sucesso no campo de B2B e empresas que trabalham em indústrias técnicas.

7. CRM permitirá que você tenha um melhor controle

CRM refere-se ao software que permite às empresas acompanhar todas as interações com clientes atuais e potenciais. É uma ferramenta que ajuda a identificar clientes potenciais no funil de vendas.

8. Monitoramento Social ajuda você a identificar potenciais clientes

O monitoramento de palavras-chave relacionadas à empresa pode ajudar a identificar os consumidores que estão prestes a comprar.

Com isso, temos acesso a pesquisas relacionadas ao nosso produto com aqueles que o fazem da concorrência.

9. Seja grato por tornar seus clientes fiéis

O mais importante é não esquecer de agradecer. Confiando no serviço, interagindo com o negócio e confiando nele. Você também pode parabenizar seu cliente por seu aniversário, por sua estada e por oferecer vales de cupons ou descontos para que eles também sejam gratos a você.

10. Gere um bom conteúdo de valor para seus clientes

Fazer conteúdo complementar e original pode ter um valor agregado positivo para o negócio. Especialmente, white papers e e-books, são um sucesso no campo de B2B e empresas que trabalham em indústrias técnicas.

Page 1 of 2

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén