AAJ - Associação de Ajuda a Jovens

Autor: Douglas

Como escolher uma pia de banheiro

Como escolher uma pia de banheiro? – Confira algumas dicas!

Como escolher uma pia de banheiro? Pia suspensa, de canto, de coluna ou de bancada: cada banheiro tem a sua própria pia. Vidro ou cerâmica, dupla ou simples, rústica ou moderna: neste guia você encontra as melhores dicas para comprar sua pia de banheiro perfeita.

  • Leia também:

São muitos os modelos disponíveis, e neste conteúdo, separamos as principais dicas e tipos de pias disponíveis. Então, caso procura por algumas ideias de como escolher uma pia de banheiro, acompanhe-nos até o final da matéria. Vamos lá, leia com a gente!

Como escolher uma pia de banheiro: suspensa, coluna ou bancada

  • Pia com pedestal não permite a instalação de um móvel base.
  • Pia com pedestal e a pia suspensa, permitem libertar espaço no solo e facilitar o acesso a pessoas com mobilidade reduzida.
  • As pias de bancada devem ser instaladas num móvel.
  • Os tampos de pia são feitos de um único material e podem ser simples ou duplos, dependendo das necessidades e tamanho do banheiro.

Os materiais condicionam a manutenção e limpeza. Os mais usados são:

  • Cerâmica, fácil de limpar;
  • Resina, fácil de limpar;
  • Vidro, fácil manutenção;
  • Pedra, manutenção delicada;
  • Aço inoxidável, higiênico e fácil de limpar.

A instalação depende do tipo de pia:

  • Pias suspensas requerem o uso de furadeira e bujões de fixação;
  • Pias embutidas envolvem o corte da parte superior do gabinete usando uma serra;
  • Pias de bancada precisam de um furo para o ralo feito com serra copo;
  • Pias de coluna precisam ser fixadas na parede como pias suspensas;
  • Os tampos das pias devem ser colocados ou fixados à parede consoante o modelo.

Os diferentes tipos de pias

Como escolher uma pia de banheiro? Da pia retro a pia contemporânea de bancada (cuba), a escolha é vasta. Para escolher melhor a pia do banheiro, primeiro identifique o tipo. Existem diferentes tipos de pias: suspensas, embutidas, de coluna e com pé.

Pia suspensa

A pia suspensa é fixada na parede do banheiro, na altura escolhida. A configuração da pia suspensa a torna estética e moderna, facilita a limpeza, reduz o espaço ocupado e facilita o acesso a pessoas com mobilidade reduzida. Como a pia é suspensa, é muito importante escolher bem as buchas de fixação corretas.

Pia de pedestal

A pia de coluna se assemelha a uma pia suspensa sob a qual é adicionada uma coluna para ocultar o sifão e os tubos. A pia com pedestal é mais retrô e reduz o espaço disponível no banheiro. A pia deve, em qualquer caso, ser fixada à parede porque a coluna tem apenas uma função estética.

Pia de piso monobloco

A pia de piso monobloco é mais rara e moderna. O seu volume considerável a torna adequada para banheiros espaçosos.

Composto por um único bloco que assenta diretamente no solo, a pia monobloco é um elemento com um design requintado, disponível em diferentes formas, materiais e cores.

Tipos de pias

A pia com cuba é considerada uma pia moderna pela variedade das suas formas e cores e pelos diferentes materiais inovadores que compõem (granito, madeira, mármore, pedra, etc.). A cuba está disponível em três modelos:

Cuba embutida

A pia embutida é instalada cuba e, portanto, não requer cortes. Sua instalação é mais complexa do que uma pia de bancada e as torneiras podem ser integradas ou não.

Cuba independente

A cuba autônoma é fácil de instalar, pois é colocada e fixada em um armário de banheiro. No entanto, é necessário fazer furos para drenos durante a instalação.

A parte superior da cuba azulejada

O tampo de pia em azulejo permite a instalação de mosaicos ou azulejos. A parte superior pode ser cortada e não tem limite de tamanho.

Os materiais dos vários tipos de pia

A resistência e manutenção de uma pia são determinadas pelos materiais que o compõem. Como escolher uma pia de banheiro neste caso? Explicamos a você.

Cerâmica

A cerâmica é feita de matérias-primas naturais. É anti-calcário, fácil de manter e arranhões e solventes são indiferentes.

Aço inoxidável

O aço inoxidável só pode ser limpo com um detergente suave, é resistente a impactos e sensível a arranhões. Para um banheiro de estilo moderno ou industrial.

Pedra

A pedra faz a diferença pela resistência aos choques térmicos. Basta um pouco de água e sabão para limpá-lo, pois é sensível a produtos químicos abrasivos de manutenção. O material favorito num banheiro Zen.

Resinas e materiais compostos

Novos materiais compostos à base de resina de poliéster (superfície sólida) fazem a sua entrada na família de pias suspensas e de bancada. Além de serem fáceis de limpar (água e sabão), os materiais compostos oferecem higiene impecável e ampla escolha de cores e formas. Este foi o nosso guia sobre como escolher pia de banheiro. Esperamos que tenha gostado. Caso ainda tenha dúvidas, comente abaixo. Até a próxima!

Como estudar para prova

Como estudar para prova? – Confira 10 dicas incríveis sobre estudos!

Como estudar para prova? Quais são os passos que devemos seguir para nos prepararmos para um exame avaliativo? O que deve ser feito a todo custo e o que deve ser evitado a todo custo? Existe algo que pode nos ajudar a aumentar nossa concentração durante os estudos?

Estudar para uma prova não é nada fácil, porém, não é algo impossível. Existem sim técnicas que podem lhe ajudar para uma prova, como comprar um curso fornecido pela Nova Concursos para o concurso do INSS. Neste conteúdo, vamos abordar algumas dicas de como estudar para prova. Leia conosco e entenda mais sobre o assunto, vamos lá!

10 dicas para seus estudos

10 dicas de como estudar para prova
10 dicas de como estudar para prova | Fonte: Pixabay.

1. Faça um “calendário” dos exames a serem realizados

A primeira regra a seguir sobre como estudar para prova é: organize seu trabalho. Antes do início da sessão de estudos, tente verificar todas as datas de exames que pretende fazer e tente construir uma espécie de “calendário” pessoal dos exames, de forma a combinar as datas da melhor forma possível.

Desta forma você poderá se organizar melhor de acordo com seus compromissos e a quantidade de estudo a ser abordada, calculando também os intervalos entre um exame e outro. Lembre-se também de que, após um exame, é aconselhável descansar o cérebro por alguns dias.

2. Material de estudo

Depois de organizar as datas, você obviamente terá que começar a buscar o material necessário para todas as disciplinas de estudo, ou seja, livros didáticos, notas e apostilas diversas. Por exemplo, caso você esteja se preparando para o Concurso do INSS em 2022, deve procurar por material didático das últimas provas realizadas, além de combinar com atualidades.

3. Leitura

Agora você terá que se “armar” com lápis, borracha, marca-texto e, possivelmente, canetas de várias cores. Comece a ler. É sempre bom começar a sublinhar para começar a eliminar as partes verbosas do livro ou as menos importantes. Um método que recomendamos que você adote é usar várias cores, pois vai ajudar muito a sua memória fotográfica.

Use cores diferentes para elementos diferentes: por exemplo, as partes mais importantes para sublinhar com a caneta vermelha, as menos relevantes, mas ainda passíveis de alguma questão, com o azul, e assim por diante.

Como estudar para prova? Você também pode circular palavras-chave e escrever um título ao lado do parágrafo que imediatamente traz à mente o assunto. Embora este trabalho exija muita paciência, será muito útil quando você começar a repetir.

4. Resumos e diagramas

Depois de ler o livro inteiro, você pode começar a escrever breves resumos ou esboços dos tópicos abordados. De qualquer forma, não recomendamos que você escreva muito. Por duas razões principais: pode cansá-lo demais e perder muito tempo. No entanto, para algumas disciplinas não será possível escrever “2 palavras”.

Em geral, porém, aconselhamos a organizar os resumos desta forma: para as partes mais importantes, o resumo será necessário, mas para os tópicos menos importantes, seria mais apropriado fazer um esquema. Esse é um tipo de mapa conceitual que resume o que você acabou de ler e se baseia em definições, conceitos importantes e palavras-chave. Novamente, recomendamos usar cores diferentes.

5. Comece a repetir

Como estudar para prova? Repita todo o processo para que as informações se fixem em sua memória. Depois da leitura, dos resumos e dos diagramas, terá chegado o momento importante da repetição. Nesta fase, você tem que reler tudo e repetir. E aconselhamos a fazer “capítulo por capítulo” ou, se necessário, até parágrafo por parágrafo. O importante será ter uma ideia clara das ideias a serem apresentadas posteriormente no exame.

A repetição é a fase mais importante do estudo: você fixará os conceitos em mente e realmente começará a entendê-los. No início você também pode repetir sozinho: mas, à medida que o exame se aproxima, seria mais apropriado e estimulante repetir com um colega, comparar seus conhecimentos e melhorar as deficiências de cada um. De manhã seria o melhor horário, pois a mente está “mais fresca”.

6. Pequenas “ajudas” alimentares

Para manter a concentração alta e ficar acordado também é aconselhável ingerir certos alimentos: RedBull, café, vitaminas, etc. Alternativamente, fósforo agudo: uma droga natural, à base de fósforo, para ajudar na concentração. Por favor, não tome todos juntos: caso contrário, você corre o risco de um ataque cardíaco.

7. Faça uma pausa

Lembre-se sempre de que o cérebro precisará puxar o plugue de vez em quando. “Maratonar” não é ideal. Faça uma pausa de vez em quando. Saia com os amigos ou vá passear.

8. Ambiente de estudo

Como estudar para prova
Ambiente de estudo | Fonte: Pixabay.

Mudar seu local de estudo habitual pode ter efeitos positivos para você, pois estimula a criatividade e a engenhosidade. Ficar sempre dentro das quatro paredes do seu quarto rapidamente o aborrecerá e fará com que você se sinta ainda mais frustrado.

Em vez disso, vá estudar na biblioteca ou na sala de estudo com os colegas: dessa forma, você também será obrigado a sentar em silêncio e estudar. Você não vai se distrair nem um pouco, talvez abrindo o Facebook ou similar, ou vagando pela casa e ocasionalmente abrindo a geladeira por tédio.

9. Consulte sites de memorandos universitários

Para ajudá-lo a estudar, você também pode consultar notas de outros alunos que fizeram o exame antes de você, como no caso de acessar provas antigas de concursos do INSS, como exemplificamos anteriormente. Existem vários sites onde os alunos compartilham suas notas e até questões de exames para ajudar seus colegas! Muitas vezes, eles são uma verdadeira salvação.

10. E chegou o dia do exame

O fatídico dia chegou. Como se apresentar para o exame? Em primeiro lugar, você tem que pensar que está em uma universidade, escola particular, escola pública ou qualquer outro lugar de estudos de respeito, onde a prova será aplicada.

A imagem também é importante. Você certamente não pode aparecer de shorts, regata e chinelos. A maneira como você se veste também é importante, pois é como o seu cartão de visita para uma pessoa que não te conhece. Se você estudou, não terá nada a temer. Fique calmo. Esperamos ter ajudado você com nossas dicas de como estudar para prova. Até a próxima!

Como cuidar de uma piscina?

Como cuidar de uma piscina? – Confira 13 dicas!

Como cuidar de uma piscina? Aproveitar o verão com piscina no jardim não é mais um luxo reservado a poucos. Nos últimos anos, graças aos custos acessíveis das piscinas acima do solo, criar um recanto do paraíso no seu jardim é mais fácil do que imagina.

As piscinas acima do solo são fáceis de montar, não requerem intervenções ou autorizações especiais para serem instaladas e podem ser facilmente removidas no final da temporada. Além disso, sua manutenção não é particularmente exigente.

No mercado você pode escolher entre uma grande variedade de modelos de piscinas acima do solo, algumas já completas com kit com bomba e filtro para limpeza e filtragem da água.

Assim como as piscinas enterradas, até as piscinas acima do solo requerem manutenção regular e tratamento adequado da água, buscando garantir a segurança dos banhistas e preservar a estrutura ao longo dos anos.

Neste conteúdo, vamos trazer algumas dicas sobre como cuidar de uma piscina, falando exclusivamente desses modelos que são colocados no início do verão acima do solo, e retirados logo após o final da temporada. Acompanhe-nos nessa leitura interessante e deixe seu comentário. Vamos lá, leia conosco!

Tratamento de água

Como cuidar de uma piscina?
Tratamento de água

Como cuidar de uma piscina? A água da piscina deve estar sempre límpida, saudável e isenta de qualquer carga microbiana. Calor, má manutenção e má limpeza podem dar origem a bactérias e algas que podem comprometer o uso regular da piscina. Por isso é muito importante fazer um correto tratamento da água.

1. Medição e regulação do pH

A primeira coisa a fazer para realizar um tratamento de água eficaz é medir e possivelmente ajustar os valores de pH (lembre-se de que todos os tratamentos subsequentes dependem desta operação, se o valor de pH estiver errado as intervenções de desinfecção não funcionarão). A escala de medição do pH da água vai de 0 a 14, o valor correto na piscina deve estar entre 7,2 e 7,6.

  • Um pH abaixo de 7,2 (excessivamente ácido) causaria irritação na pele e nos olhos e danificaria lentamente a estrutura da piscina;
  • Um pH superior a 7,6 (muito alcalino) evitaria que o cloro e outros produtos químicos desempenhassem sua função desinfetante.

2. Quando e como usar o cloro?

Uma vez ajustado o valor do pH, é possível proceder à desinfecção propriamente dita da água. O produto mais utilizado para realizar esta função é, sem dúvida, o cloro, barato, fácil de usar e capaz de eliminar rapidamente qualquer carga microbiana.

O cloro é um elemento químico de alto poder sanitizante e sua concentração na água da piscina deve estar entre 1 e 2 ppm (partes por milhão). A concentração de cloro livre ativo deve ser monitorada semanalmente por meio de testadores especiais de piscina.

Ao abrir a piscina se deve realizar uma desinfecção completa. Nesta operação, uma concentração de cloro muito maior do que o normal é usada para esterilizar todas as partes da piscina e eliminar quaisquer bactérias ou partículas orgânicas. Para esta operação, utiliza-se cloro granular, que contém 60% de cloro útil e atua rapidamente.

Quanto às quantidades a serem utilizadas, recomendamos 10 a 15 gramas de cloro por metro cúbico de água. Por exemplo, se a sua piscina acima do solo contém 10 metros cúbicos de água, são necessários aproximadamente 130g de cloro para uma desinfecção eficaz. Durante esse processo, devido ao alto percentual de cloro, evite absolutamente tomar banho e mantenha o sistema de filtração ativo.

Filtração de água

Como cuidar de uma piscina? Para manter a água da piscina sempre límpida e pura, é fundamental combinar os tratamentos químicos indicados acima com um sistema de filtração adequado e capaz de purificar a água. No mercado é possível encontrar piscinas acima do solo que já contam com bomba para filtragem de água.

Se, por outro lado, a bomba não vem incluída, então você deve comprá-la separadamente, mas como escolher o sistema de filtração que melhor se adapta às suas necessidades? Existem dois tipos diferentes de filtros para piscinas acima do solo:

1. Filtro de cartucho

Este sistema de filtro é adequado para piscinas acima do solo de pequeno e médio porte, piscinas infantis e spas. Apesar de seu tamanho pequeno, os filtros de cartucho possui boa capacidade de filtragem e são fáceis de serem instalados.

2. Filtro de areia

Este sistema de filtragem é adequado para todos os tipos de piscina, é mais caro que o filtro de cartucho, mas certamente é mais eficiente. O filtro de areia requer manutenção periódica.

Manutenção e limpeza

Como cuidar de uma piscina?
Manutenção e limpeza

Como cuidar de uma piscina? Além dos tratamentos específicos indicados acima, existem pequenos cuidados, e uma série de acessórios que facilitam a limpeza e manutenção da piscina.

1. Escumadeira de superfície

É um acessório que permite limpar a superfície da água, facilitando sua filtração. Ele fica na borda da piscina e se conecta ao filtro da bomba. Essa escumadeira atrai partículas de sujeira, folhas e insetos flutuantes, mantendo-os em uma cesta removível.

2. Rede

É um acessório indispensável para a remoção manual e rápida de detritos na água. Equipada com haste telescópica, permite alcançar e limpar facilmente todos os cantos da piscina.

3. Limpeza dos filtros

Seja qual for o tipo de filtro, os mesmos devem ser limpos periodicamente. Para a manutenção dos filtros de areia é necessário fazer uma retrolavagem, enquanto os filtros de cartucho devem ser lavados cuidadosamente com um jato de água. O site Tudo sobre Produtos pode lhe ajudar na escolha de um filtro novo, caso necessário.

4. Lava-pés

A instalação de um lava-pés é útil para manter a higiene da estrutura. Se for limpo diariamente, evita a introdução de poeira e sujeira a cada entrada da piscina que possam contaminar a água.

5. Chuveiro

Além de ser uma boa regra de higiene, tomar um banho antes de entrar na água permite eliminar vestígios de cosméticos ou protetores solares que podem alterar os parâmetros da água.

6. Capas

Quando a piscina não estiver em uso, convém cobri-la com uma capa protetora.
Isso evita a contaminação da água. Além disso, elas retêm o calor e reduzem a evaporação da água. Uma tela de proteção é a melhor opção nesses casos.

7. Tapete de fundo de piscina

No mercado é possível comprar tapetes de fundo de piscina modulares interligados, úteis para proteger o fundo da piscina de pedras e raízes que, com o peso da água, podem danificar de forma irreparável a base da estrutura.

Essas foram as nossas dicas úteis de como cuidar de uma piscina. Esperamos que tenham sido de grande ajuda para você que busca proporcionar uma piscina higiênica para sua família. Até a próxima!

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén