Fotografia

Como tirar fotos profissionais com celular?

Como tirar fotos profissionais com celular? Você pode escolher confiar na inteligência do seu smartphone, embora também possa escolher brincar com os parâmetros que ele permite que em suas funcionalidades. Seja como for, sempre recomendamos ter memória suficiente para armazenamento vídeos e fotos estão ocupando mais espaço e pelo menos 32 GB de memória parece a quantidade ideal.

Dicas para tirar fotos profissionais com celular

Seja para um aniversário de anos, ensaio de natal em família, viagem com amigos, fotos para redes sociais, é importante seguir algumas dicas de fotografia profissional, a fim de aumentar a qualidade das imagens e realizar cliques perfeitos. Confira:

1. Iluminação

A fotografia é leve. Ter a melhor iluminação reduzirá as diferenças entre o que uma super câmera com um sensor gigante e nosso pequeno celular é capaz de registrar.

Na fotografia profissional, o normal é controlar a luz com lâmpadas, difusores e refletores; tudo isso também é possível com um telefone celular. Quando isso não for possível, uma regra geral é colocarmos o ponto de luz mais forte atrás de nós para que pinte com luz o assunto ou cena que vamos gravar.

Brinque e experimente as perspectivas, veja como as sombras e as luzes agem sobre os elementos. Sempre verifique se o assunto, ou detalhe importante na foto, está em foco antes de disparar.

2. Encontre o local perfeito

Se você está preparando uma captura, vale a pena procurar um bom local. Observe muitos instantâneos em redes que facilitam a localização de um ambiente. Desta forma, encontrará pontos de interesse fotográfico sem sequer ter reconhecido o local.

Se você vai tirar um retrato e usar o sistema de desfoque inteligente, o ideal é medir distâncias para garantir que a área a ser desfocada tenha o contraste correto em relação ao objeto, tanto em distância quanto em aspecto.

Dicas para fotografia

3. Componha a fotografia

Descobrir não é procurar novos lugares, mas vê-los com novos olhos – Marcel Proust.

Tão importante quanto o local, a iluminação e as distâncias são as perspectivas com as quais você vai enquadrar a cena. Com a fotografia digital você não tem limites, não se canse de mudar o ponto de onde você fotografa, nem a orientação do assunto: você pode tirar muitas fotos diferentes do mesmo lugar.

Numa fotografia mais geral, com diferentes elementos, convidamo-lo a fazer a composição utilizando a grelha oferecida pela interface móvel. Podemos lidar com a regra dos terços, simetrias ou qualquer outra fórmula que você considere atraente no momento. Novamente, temos que pensar em tirar todas as fotos que vêm à mente, chegará a hora de selecionar e deletar.

4. Você deve evitar o flash em algumas ocasiões

– Flash: Às vezes é impossível evitar o uso de flash, apesar do recurso ter melhorado muito no seu funcionamento. Mas, sempre que possível, o ideal é estabilizar bem a câmera e iluminar a cena de outras formas; por exemplo, com luz auxiliar, janelas, etc… Como regra geral, o flash tende a iluminar o assunto de forma agressiva, queimando áreas, refletindo luzes desagradáveis ​​ou destruindo o equilíbrio e a temperatura da imagem.

─ O zoom digital: É o segundo inimigo se quisermos preservar a qualidade da imagem. Pode ser útil, mas em geral trazer a imagem digitalmente é sinônimo de causar muitos danos ao resultado final

─ Sujeira na lente: a sujeira na lente é tão sutil que às vezes nem sabemos que ela está presente, e geralmente está, pois fica exposta a maior parte do tempo. Manter as lentes limpas é fácil e melhorará a qualidade da foto e o desempenho geral do sistema.

5. Você deve experimentar …

─ Fotografe em RAW:  Muitos telefones possuem essa funcionalidade. Gravar em RAW é ter uma fonte mais poderosa para editar uma imagem e obter melhores resultados, ao aumentar a qualidade. As fotos demoram mais e você precisará de programas especiais para processá-las, mas em muitos casos valerá a pena.

─ Outros aplicativos de fotografia e edição: A interface serial dos smartphones geralmente é ótima. Porém, nas lojas de aplicativos encontramos desenvolvimentos muito capazes que nos permitem jogar em um nível superior antes e durante o processamento das imagens, criando até comunidades em torno de seus filtros e criações. Podemos recomendar nomes como Adobe Photoshop Lightroom ou VSCO.

─ Acessórios: Comentamos ao longo do artigo, às vezes a melhoria acontece por ter os acessórios certos: um tripé que nos permite deixar o telefone em um local seguro e estável; lentes adicionais que nos oferecem macro ou grande angular; uma luz externa que preenche o ambiente para que o telefone possa gravar uma cena complicada com qualidade; ou uma bateria externa para passar mais tempo longe de casa imortalizando momentos.

As imagens são a ferramenta mais poderosa, a linguagem das redes sociais: mais de 2 bilhões de imagens são enviadas diariamente para redes como Instagram e Snapchat. Melhorar sua lente e aprender como tirar o melhor proveito dela vale a pena. Neste jogo, as câmeras convencionais têm poucas armas para lutar com nossos telefones celulares.

Dicas de fotografia – Juliana Ferrari

técnicas mentais para aprender

Técnicas mentais para aprender Inglês melhor

Já imaginou conhecer técnicas mentais para aprender inglês melhor? Não seria fantástico aproveitar melhor o tempo, descobrindo novos estudos e aprendendo coisas novas o tempo todo?

Sem dúvida, a primeira ideia que vem à mente é esta: a de um superpoder. E, de fato, nada nos torna tão poderosos quanto o conhecimento e aprendizado constante.

Por isso, se o tema é interessante para você, convido-te a ficar conosco até o final. Apresentaremos técnicas mentais para aprender melhor que revolucionarão seus estudos.

Quer dominar um idioma? Mudar de profissão? Desenvolver um hobby? Seja qual for a finalidade que pretenda, estas dicas você levará para toda a sua vida.

Então, não perca tempo! Acompanhe-me neste passeio pelo universo do autodidatismo.

Entendendo a real natureza do autodidatismo

Quando se ouve falar de um autodidata, é comum a incorrência em erro. Afinal, crê-se que o autodidata é alguém que tira conhecimentos do nada e sem ajuda de ninguém.

Todavia isso nada mais é que um erro terrível. Pois, se assim fosse, o autodidata estaria gastando tempo e energia totalmente à toa.

Hoje, em 2020, possuímos, ao nosso alcance, milhares de anos de estudos e aprendizado. Dos sumérios, passando por egípcios, gregos e romanos, temos um arsenal imenso ao toque na tela.

Ignorar este acúmulo imenso de pensamento, testes, validações, revisões é, no fim, pura perda de tempo. Seria como tentar inventar a farinha, quando se pretende cozinhar um bolo.

Justamente por isso, Newton disse uma vez mais ou menos o que segue: que tudo que tinha feito, apenas fez por estar sentado nos ombros de gigantes.

Estes gigantes são os cientistas que o precederam. Porque, aproveitando-se dos erros e acertos de outros, somos capazes de ir muito mais longe.

Assim, o autodidatismo nada mais é que disciplina e compromisso. A disciplina de estudar mesmo sem um mentor. O compromisso de se alimentar sempre de boas fontes.

Além disso, o processo de aprendizado do autodidata é idêntico ao do aluno guiado: consumo, memorização e aplicação do que se aprendeu.

E digo isso por ser o autodidatismo uma das técnicas mentais para aprender melhor. Afinal, nada melhor que usar todo o tempo disponível nesta empresa.

Sabendo disso, passemos a apontar algumas técnicas mentais para aprender melhor que ajudarão você. Tenho certeza que você as aproveitará integralmente. Isso fará toda a diferença.

4 técnicas para aprender melhor

Vejamos, agora, algumas técnicas para aprender melhor. Quanto maior sua dedicação, mais infalíveis elas serão.

E não espere mágica ou milagres. No fim, são coisas simples, que podem facilmente ser aplicadas na vida de qualquer um.

Especialmente agora, isolados e em quarentena, colocá-las em prática depende única e exclusivamente de você. Então, bom proveito!

Todo lugar é lugar para os estudos

De fato, tudo na vida tem sua hora. A hora de dormir, a de comer, de repousar, de se distrair. Devemos dividir nossos dias com sabedoria, se queremos aproveitá-los ao máximo.

No entanto, quando se pretende aprender algo verdadeiramente, é preciso ir além. Além de dedicar duas ou quatro horas por dia aos estudos. É preciso extravasar para se superar.

Por isso mesmo, nesta das técnicas para aprender melhor, a dica é: estude a qualquer momento. Dedique-se nas aulas com todo afinco. Mas não apenas nelas.

Num momento livre, em lugar de divagar em redes sociais, revisite os temas. Se pretende memorizar palavras de um idioma, por exemplo, repita-as sempre que possível.

Mas não force uma situação. Falaremos disto mais tarde. Não é preciso se obrigar a estudar o tempo todo. É só imprescindível querer estudar bastante. Combinado?

Estude por conta, mas aproveite ao máximo os tutores e guias

Você já sabe que deve estudar além das aulas, não é mesmo? E sabe, também, que o autodidatismo é importante para o pleno aproveitamento.

Porém a segunda dentre as técnicas mentais para aprender melhor trata de ajuda. Do contar com alguém que sabe mais sem medos ou vergonhas.

Normalmente, quando contratamos um professor ou nos matriculamos num curso de inglês, acontece isto: pensamos que as aulas bastam, e que perguntas incomodam.

Contudo é um absurdo crer que apenas devemos ouvir, sem nunca falar. Tendo um tutor ou professor, contar com ele faz parte das obrigações de sua função.

Assim, se tem uma dúvida, pesquise. Entretanto, se não conseguir uma resposta satisfatória, pergunte! E muito e sempre. A vergonha é inimiga do conhecimento.

E pode apostar: professores adoram desafios. Quanto mais refinadas forem suas dúvidas, mais eles se comprometerão a te entregar a resposta. Abuse disso!

Mescle os estudos com diversão

Lembra quando disse para estudar mesmo no tempo livre? Pois, bem. Mesclar os estudos com a diversão é a chave para a tarefa não ser enfadonha.

Basta você descobrir seus prazeres. Música? Séries? Filmes? Pinturas? Não faz diferença. Agregue seu hobby aos estudos.

Ao estudar idiomas, por exemplo, aprender Inglês com música é fácil e totalmente aproveitável. Há quem torne-se fluente sem jamais ter frequentado uma sala de aulas.

E o mesmo vale para qualquer estudo. Busque o caminho e, encontrando-o, mergulhe. Faça os estudos farem parte de sua vida.

Por fim, transforme o aprender em prazer por si só

A última das técnicas mentais para aprender melhor versa sobre o hábito. E, sendo um hábito, é algo que se adquire com o tempo.

O que vou dizer pode parecer incomum. Porém é a mais pura verdade. Aprender algo novo é o maior prazer que se pode ter. Aristóteles já dizia isso há milênios.

Assim, seguindo os passos anteriores, você atingirá o ponto no que aprender será bom por si. Continuará custando tempo e esforço. Mas você estudará porque aprendeu a amar o estudo.

Neste ponto, não tenha dúvida: sua vida se transformará. E nenhum horizonte será impossível para você. Então, boa sorte! Você não perde por esperar. O mundo te aguarda!

Brinquedos que Estimulem a Aprendizagem – Confira Agora

Dar ao seu bebê uma boa variedade de brinquedos bem escolhidos – especialmente se eles estimularem os movimentos e o desejo de explorar – é uma boa forma de recompensar sua curiosidade. Ao tentar decidir quais brinquedos incluir na caixa de brinquedos do seu bebê, lembre-se de que seus músculos se desenvolvem de cima para baixo (ou seja, da cabeça aos pés).

Isso significa que o controle da cabeça e dos braços é anterior ao das pernas e pés. Além disso, o controle do tronco é anterior ao das extremidades, para que os bebês possam manter o corpo ereto antes de poderem manipular objetos com as mãos. Embora não seja prejudicial oferecer brinquedos a um bebê quando seu corpo ainda não permite que ele os aproveite ao máximo, é melhor ser paciente ao apresentar novos desafios.

Confira também – Boneca Metoo o presente ideal para o seu bebê

Brinquedos que Estimulam a Aprendizagem – O que você Precisa Saber

Encontrar produtos e brinquedos adaptados ao estágio de desenvolvimento do seu bebê é a chave para deixá-lo animado com o aprendizado. Ao combinar diversão e brincadeira com aprendizagem, você facilitará a aquisição de novas habilidades ao longo da vida. Compreender causa e efeito é apenas o primeiro passo que você verá seu filho dar; mais tarde, você verá como ele faz todos os tipos de novas descobertas.

Os centros de atividades são especialmente eficazes e divertidos para estimular a exploração e a capacidade cognitiva de seu bebê. Estes centros de atividades permitem brincar em pé de forma totalmente independente, além de incluir vários brinquedos que se adaptam ao crescimento do bebê.

A paixão de seu bebê por aprender será uma recompensa constante para vocês dois. Assim que adquirir uma nova habilidade, você perceberá que a próxima já está chegando. Alguns pais acham essa aquisição constante de habilidades muito estimulante, enquanto outros ficam maravilhados à medida que seu bebê cresce aos trancos e barrancos, sem nem mesmo lhes dar tempo para perceber todas as mudanças. Cada nova etapa do crescimento do seu bebê trará novas emoções, novas conquistas e novos desafios, então seja paciente … e a câmera sempre pronta!

 

Como escolher a mamadeira certa para seu bebê

Um dos problemas que qualquer mãe / pai enfrenta, principalmente os novos, é a escolha da mamadeira e do bico . Essa tarefa parece fácil, mas realmente não se deve à grande variedade que existe no mercado.

A mamadeira é usada para alimentar o bebê com leite artificial , que embora a amamentação seja sempre preferível, a partir dos 6 meses já pode ser complementada com fórmula, então essa seria a hora em que precisaríamos da mamadeira.

Confira também: Copo de Transição para o seu Filho

Devemos sempre olhar para a idade da criança para comprar aquela que melhor se adapta às nossas necessidades naquele momento. O frasco deve ser prático, funcional e fácil de esterilizar.

Dentro de todos os modelos e marcas que existem no mercado, é conveniente saber o que encontraremos com mais frequência:

  • Mamadeira plástica inquebrável : indicada para os casos em que o bebê já consegue segurar o recipiente sozinho. É resistente, embora possa ser riscado.
  • Frasco de vidro: pesa mais e é mais frágil, mas é mais fácil de limpar e também não absorve odores.

Como a garrafa deve ser

A garrafa da mamadeira deve ser o mais lisa possível, para que não haja manchas onde restos de leite possam permanecer sem limpeza. Deve suportar altas temperaturas, necessárias para esterilizar o frasco.
A limpeza da mamadeira deve ser muito cuidadosa e consistente, seja da mamadeira como tetinas. Você deve sempre limpar as mãos antes e depois de preparar a garrafa.

Como deve ser o bico da mamadeira

Ao escolher o mamilo, leve em consideração o material (borracha, látex ou silicone), sua forma (arredondada, anatômica, fisiológica ou caída), os orifícios (um, dois, três ou mais)Um mamilo funciona bem quando, ao virar a mamadeira de cabeça para baixo, o leite goteja a uma taxa regular e moderada.

 

As boas gorduras na naturopatia!

Os lipídios constituem 5% das células  em 40 a 50 formas diferentes e representam 12 a 13% do peso corporal de um indivíduo normal, principalmente na forma de triglicerídeos, mas também de mono ou bi glicerídeos. Seu nome depende do comprimento do número de cadeias de carbono que os constituem.

A nossa saúde merece a nossa atenção, e a saúde bucal está incluída, a Dentist Newtown sempre será a nossa recomendação.

Eles são compostos por três elementos: Carbono, Hidrogênio, Oxigênio mais dois elementos ocasionais: nitrogênio e fósforo, e entram na constituição de nossas membranas celulares (bi-camada lipídica), fornecem gorduras de reserva (inicialmente feitas para fornecer durante as diferentes épocas, durante a amamentação, durante a gravidez …) proteger tecidos e órgãos, como um voucher de choque, transportar vitaminas lipossolúveis: A, D, E, K, entrar na formação de prostaglandinas (PGE1, PGE2 , PGE3) hormônios intercelulares que permitem a regulação fina entre as células (defesa, regulação da água, reparo, etc.) desenvolvem hormônios esteróides sexuais a partir do colesterol e têm um papel energético pela oxidação de AGs (ácidos graxos) que dão ATP que irá liberar energia.

Nosso cérebro é composto de lipídios e 70% da gordura é ômega 3 e 6 que nosso corpo não produz. Devemos, portanto, fornecê-los por meio de nossa dieta e, portanto, você entenderá que precisamos consumir lipídios, por isso é essencial diferenciar entre as gorduras boas e aquelas que são mais problemáticas para a saúde

Existem três famílias principais de ácidos graxos:

  • Ácidos graxos saturados AGS encontrados principalmente em carnes, laticínios (manteiga, crème fraîche, queijo, iogurte), bem como em óleo de palma e óleo de coco. Estas são as gorduras de que não se deve abusar de forma alguma e que frequentemente se encontram escondidas em preparações industriais, batatas fritas e pastelaria. A maioria das pessoas consome muito dela, que é a base das doenças cardiovasculares.
  • Os ácidos graxos insaturados AGI, encontrados principalmente no azeite de oliva e muito benéficos, podem ser usados ​​na culinária, mas não na fritura.
  • ácidos graxos poliinsaturados essenciais PUFA ômega 3 e 6, escolha óleos orgânicos, primeiro prensados ​​a frio Eles previnem doenças cardiovasculares, controlam o colesterol ruim, mantêm a elasticidade da pele, regulam processos inflamatórios e imunológicos, lutam contra o estresse, a osteoporose, garantir um bom sono e manter o peso correto.

A medicina naturopática recomenda consumir de 3 a 4 colheres de sopa por dia.  (Omega 6) , óleo de girassol, óleo de milho, cártamo que é um cardo, gérmen de trigo, semente de uva, soja, noz; (Omega 3) , óleo de colza, soja, cânhamo, gérmen de trigo, óleo de linhaça, nozes. Muito instáveis, esses óleos não podem ser cozidos e devem ser armazenados na geladeira. 

É útil misturá-los com azeite na proporção Para cozinhar óleo de amendoim, azeite ou coco. Abacates, azeitonas pretas e sementes oleaginosas também são boas fontes de bons ácidos graxos. (Omega 9)

Também daremos preferência a peixes gordurosos duas a três vezes por semana, como cavala, bacalhau, sardinha, arenque, uma excelente fonte de ômega 5 EPA e DHA.

Evitaremos as gorduras trans que são óleos vegetais hidrogenados, margarinas e todas as preparações de panificação ou industriais que mais frequentemente contêm esses óleos, que, ao se combinarem com o colesterol em nosso corpo, geram matéria insolúvel que se liga a as paredes de nossos vasos (placas de ateroma) e prejudica todos os sistemas porque nossas células não podem assimilá-los ou evacuá-los.

 

Energia hidrelétrica: o que é e como funciona?

O aproveitamento do poder da água em movimento para gerar eletricidade, conhecido como hidroeletricidade, é a maior fonte de eletricidade renovável sem emissões do mundo.

Tirando vantagem da gravidade e do ciclo da água, um dos motores da natureza pode ser aproveitado para criar uma forma útil de energia. Na verdade, os humanos capturam a energia da água em movimento há milhares de anos.

Definição de hidroeletricidade

Energia Sustentável hidrelétrica é a energia na água em movimento. Esse vapor d’água se condensa nas nuvens e volta à superfície como precipitação. A água flui pelos rios e retorna aos oceanos, onde pode evaporar e reiniciar o ciclo.

Hidroeletricidade: vantagens e desvantagens

Embora a produção de hidroeletricidade não produza poluição do ar ou emissões de gases de efeito estufa, ela pode ter consequências ambientais e sociais negativas.

Bloquear rios com represas pode degradar a qualidade da água, danificar o habitat aquático, bloquear a passagem de peixes migratórios e deslocar as comunidades locais.

As vantagens e desvantagens de qualquer projeto de desenvolvimento de energia hidrelétrica precisam ser pesadas antes de prosseguir com qualquer projeto.

No entanto, quando bem feita, a energia hidrelétrica pode ser uma fonte de eletricidade sustentável e não poluente que pode ajudar a reduzir nossa dependência de combustíveis fósseis e reduzir a ameaça do aquecimento global.

O recurso hidroelétrico

Na Terra, a água passa constantemente entre vários estados, um processo conhecido como ciclo hidrológico.

A água evapora dos oceanos, formando nuvens, caindo como chuva e neve, reunindo-se em riachos e rios e fluindo de volta para o mar. Todo esse movimento oferece uma grande oportunidade de aproveitar a energia útil.

Em 2011, a hidroeletricidade forneceu 16% da eletricidade mundial, perdendo apenas para os combustíveis fósseis. Em 2011, a capacidade global era de 950 gigawatts (GW), sendo 24% na China, 8% nos Estados Unidos e 9% no Brasil. Globalmente, a capacidade hidrelétrica mais que dobrou desde 1970.

Conversão de água em movimento em eletricidade

Para gerar eletricidade a partir da energia cinética na água em movimento, a água deve se mover com velocidade e volume suficientes para girar uma hélice chamada turbina , que por sua vez gira um gerador para gerar eletricidade.

Simplificando, 4 litros de água correndo cerca de 30 metros por segundo podem gerar cerca de um quilowatt de eletricidade.

Para aumentar o volume da água em movimento, aterros ou represas são usados ​​para coletar a água.

Uma abertura na barragem usa a gravidade para lançar água por um cano chamado comporta. A água em movimento faz com que a turbina gire, o que faz com que os ímãs dentro de um gerador girem e criem eletricidade.

Existem vários tipos de turbinas utilizadas em usinas hidrelétricas e seu uso depende da quantidade de carga hidráulica (distância vertical entre a barragem e a turbina) da usina.

Os mais comuns são Kaplan, Francis e Pelton. Alguns desses modelos, chamados de rodas de reação e de impulso, usam não apenas a força cinética da água em movimento, mas também a pressão da água.

A turbina Kaplan é semelhante a uma hélice de barco, com um rotor (a parte giratória de uma turbina) que tem de três a seis pás e pode fornecer até 400 MW de potência. A turbina Kaplan difere de outros tipos de turbinas hidrelétricas porque seu desempenho pode ser melhorado mudando o passo das pás.

A turbina Francis possui um rotor com nove ou mais pás fixas. Nessa turbina, que pode chegar a 800 MW, as lâminas do canal direcionam a água para que ela se mova em fluxo axial.

A turbina Pelton consiste em uma série de baldes de formato especial que são montados na parte externa de um disco circular, tornando-o semelhante a uma roda d’água.

A energia hidrelétrica também pode ser gerada sem barragem, por meio de um processo conhecido como corrente de água. Nesse caso, o volume e a velocidade da água não são aumentados por uma barragem.

Em vez disso, um projeto de fluxo gira as lâminas da turbina, capturando a energia cinética da água que se move no rio. Projetos hidrelétricos com barragens podem controlar quando a eletricidade é gerada, porque as barragens podem controlar o tempo e o fluxo da água que chega às turbinas.

Portanto, esses projetos podem optar por gerar eletricidade quando for mais necessária e mais valiosa para a rede. Como os projetos de fluxo de água não armazenam água atrás de represas, eles têm muito menos capacidade de controlar a quantidade e o tempo de geração de eletricidade.

Creatinina para que serve?

Tomar creatina pode aumentar a quantidade de massa muscular durante esse período em uma média de dois quilos.

A análise comparativa mostrou que a creatina é o melhor suplemento para ganho de massa muscular, pois proporciona melhores resultados, tem um preço relativamente baixo e ao mesmo tempo é mais seguro que os outros.

Pode ser usado para tratar a doença de Parkinson

Uma das principais características da doença de Parkinson é a diminuição do nível de dopamina, o principal neurotransmissor do cérebro humano. A consequência desse efeito é a morte de algumas células cerebrais, levando ao desenvolvimento dos seguintes sintomas:

Na tentativa de tratar distúrbios musculares causados ​​por esta doença, os cientistas usaram um treinamento especial em combinação com suplementos nutricionais.

Assim, o treinamento de força em combinação com a ingestão de creatina permitiu não só aumentar os indicadores de força dos pacientes, mas também melhorar suas habilidades motoras.

Apesar disso, uma análise de outros estudos mostrou que a inclusão de creatina Monohidratada na dieta na quantidade de 4 a 10 gramas proporciona apenas pequenas melhorias durante o exercício e não melhora o desempenho das tarefas diárias.

Se você precisa emagrecer e não sabe como, conheça o Meratrim. Meratrim é um ativo muito utilizado nos Estados Unidos que auxilia na perda de peso.

Permite que você lute contra doenças neurológicas

Um sintoma de algumas doenças neurológicas é a diminuição do nível de fosfocreatina nos músculos. E como a creatina pode aumentar a quantidade dessa substância, a inclusão de suplementos adequados na dieta pode retardar sua progressão.

Ao estudar o efeito da creatina na condição de camundongos com doença de Huntington, os cientistas descobriram que este suplemento foi capaz de restaurar o nível de fosfocreatina no cérebro em até 72% dos níveis normais. Isso garantiu uma recuperação completa em 2 a 6 por cento dos casos.

No resto dos ratos, isso permitiu normalizar a função cerebral e reduzir a morte celular em cerca de 25 por cento.

Estudos em animais mostraram que os suplementos de creatina também podem ser usados ​​para tratar muitas doenças neurológicas, incluindo:

A creatina também se mostrou eficaz no tratamento da esclerose lateral amiotrófica, uma doença que afeta os neurônios motores responsáveis ​​pela mobilidade dos membros. A suplementação melhorou a função motora e reduziu a taxa de perda muscular em uma média de 17%.

Embora a experimentação em humanos seja necessária para confirmar esses efeitos, os cientistas acreditam que adicionar creatina à dieta pode fornecer proteção contra doenças neurológicas. Além do mais, os pesquisadores afirmam que a combinação de creatina com medicamentos pode acelerar o processo de cura.

Ajuda a diminuir o açúcar no sangue

Vários estudos mostram que a creatina pode reduzir os níveis de açúcar no sangue, melhorando a função do GLUT-4, uma molécula que transporta glicose para os músculos.

Como parte de um experimento de 12 semanas, os cientistas estudaram os efeitos da creatina no açúcar no sangue ao consumir alimentos ricos em carboidratos.

Resumindo os resultados, eles descobriram que aqueles que tomavam suplementos de creatina e se exercitavam regularmente tinham níveis de açúcar no sangue mais baixos do que aqueles que apenas faziam exercícios na academia.

A resposta de curto prazo do corpo aos alimentos com alto teor de açúcar no sangue é um importante indicador do risco de diabetes. Portanto, quanto mais rápido o corpo elimina a glicose do sangue, menor é o risco de desenvolver essa doença.

Embora os benefícios da creatina descritos acima pareçam promissores, mais pesquisas são necessárias para investigar os efeitos dos suplementos sobre o açúcar no sangue em relação ao consumo a longo prazo.

Você pode melhorar a função cerebral

Considerando os benefícios da creatina, não se pode deixar de mencionar que este oligoelemento é de grande importância para o cérebro.

De acordo com os dados da pesquisa, o cérebro humano requer grandes quantidades de ATP para desempenhar suas funções, e a suplementação de creatina pode aumentar os níveis de fosfocreatina, o que aumentará os níveis de trifosfato de adenosina.

Além disso, o processo de melhoria da função cerebral ocorre melhorando a função mitocondrial e aumentando os níveis de dopamina.

Devido ao fato de a carne ser considerada uma das principais fontes de creatina, os vegetarianos costumam apresentar baixos níveis de ATP. Por exemplo, um experimento mostrou que a suplementação de creatina melhora a função cerebral de quem não come carne em 20-50 por cento.

Ao mesmo tempo, os pesquisadores notaram um aumento nas habilidades intelectuais e uma melhora nos processos de memória.

A adição de creatina à dieta de adultos mais velhos também melhorou a memória, diminuiu o risco de doenças neurológicas e retardou a perda muscular relacionada à idade.

Reduz a fadiga

A suplementação de creatina pode reduzir a fadiga. Assim, em um estudo com duração de seis meses, os cientistas descobriram que as pessoas com lesão cerebral traumática que tomam creatina têm 50 por cento menos probabilidade de sentir tonturas.

Além disso, apenas 10 por cento deles sentem fadiga aumentada, enquanto no grupo do placebo, esse número excede 80 por cento. Outro estudo descobriu que a creatina fornece níveis mais elevados de energia em pessoas com privação de sono.

Os suplementos de creatina também podem ajudar a reduzir a fadiga em atletas e atletas quando se exercitam em ambientes de alta temperatura.

Equilíbrio da raquete de tênis: isso importa?

Vamos começar dizendo o óbvio: todos os objetos têm seu próprio centro de massa. E nem sempre corresponde ao centro do próprio objeto, por isso escolher a  Bola de tênis e a raquete podem fazer a diferença no jogo.

Vou te dar um exemplo:

Se você pegar uma prancha de madeira, o centro do objeto será o centro de massa. Mas se você pegar, por exemplo, uma caneta Bic com a tampa, o centro de massa não ficará no centro da caneta, mas mais próximo da tampa.

balança mede precisamente onde está o centro de massa.

Também podemos dizer que o equilíbrio é uma medida, expressa em milímetros ou centímetros, que indica a distância entre a ponta do cabo e o “centro de gravidade” de uma raquete de tênis. Basicamente, seu ponto de equilíbrio.

A regra básica diz que para o mesmo peso:

A raquete de tênis mais potente é a balanceada na cabeça, enquanto a menos potente é a balanceada no cabo.

Tente pensar em um martelo, por exemplo: pegue-o primeiro pelo cabo e depois pela lateral da cabeça de ferro.

Qual é a posição da empunhadura que tornou o martelo mais pesado?

Definitivamente quando você o segurou pelo cabo de madeira. No entanto, é o mesmo martelo e o peso não muda.

Agora tente fechar com o martelo. Você vai bater com mais força com a empunhadura em direção à alça ou na cabeça de ferro?

Definitivamente quando você tiver o martelo com o cabo nas mãos.

O mesmo princípio se aplica a qualquer raquete de tênis (equilíbrio da raquete de tênis).

Quanto mais o peso for deslocado em direção à ponta da raquete, mais potência você poderá fornecer. Quanto mais o peso é deslocado, no entanto, para baixo e mais você obtém dirigibilidade e manobrabilidade.

Como o equilíbrio da raquete de tênis é calculado?

É uma operação extremamente simples e rápida.

  • Pegue a raquete de tênis e coloque-a longitudinalmente sobre uma mesa ou qualquer superfície plana elevada.
  • Coloque uma fita métrica ao lado da raquete de tênis
  • Traga a cabeça da raquete para fora da mesa.
  • Empurre lentamente a raquete para fora da mesa (da parte inferior da alça) até que ela caia.
  • O último ponto de apoio é indicativamente o ponto de equilíbrio.
  • Meça a distância entre esse ponto de queda e o final da alça

Tamanho do cabo da raquete de tênis: veja como.

Uma raquete de tênis deve ser como um terno costurado e o ” Tamanho do cabo da raquete de tênis ” é um parâmetro extremamente importante.

Você pode deixar de fora por um momento, especialmente se você é um iniciante, outros aspectos como a rigidez ou o peso exato da raquete, mas o cabo de uma raquete de tênis deve ser perfeito para sua pegada.

Escolher a alça errada pode causar sérios transtornos, como:

  • mal manuseio da raquete de tênis
  • dor no braço
  • problemas nas articulações do cotovelo, como epicondilite ou epitrocleite
  • dificuldade em jogar

Existem principalmente 6 tipos de tamanhos de alças no mercado:

  • L0: Crianças, Júnior
  • L1: Júnior, Mulheres
  • L2: meninos, mulheres
  • L3: Homens, meninos, mulheres
  • L4: Homens
  • L5: Homens

A transição de um tamanho para outro depende obviamente do comprimento de sua mão.

largura do cabo, na verdade, está ligada ao comprimento da mão. Quanto maior a mão, mais uma alça larga será necessária.

tamanho padrão do pescoço, com o qual a maioria dos jogadores de tênis concorda, é L3.

Meu conselho, na verdade, é começar desse tamanho e depois avaliar se é muito grande ou muito pequeno para suas necessidades.

Vamos agora ver a técnica mais difundida e rápida para obter um “Tamanho do cabo da raquete de tênis” correto.

 

O que é limpeza de fachada?

O que é limpeza de fachada?

O que é limpeza de fachada? Trincas, poluição, avarias, manchas; são muitos os danos passíveis de acontecer com fachadas de edifícios. E isso é um grande incômodo, uma vez que a fachada é simplesmente o cartão de visitas de qualquer edificação. Como solucionar tal questão? Por meio da contratação de serviços de limpeza de empresas idôneas, com tradição no mercado. Vejamos um pouco mais sobre o assunto a seguir, e esperamos ajudar na sua decisão de renovar – ou simplesmente limpar – a fachada de seu prédio.

Quando chamar empresa de limpeza para fachada?

Principalmente, o que precisa ser visto é o momento em que a aparência do edifício já for muito diferente da construção original, pelos efeitos do tempo. Lavagens periódicas também são importantíssimas, para não deixar chegar ao ponto de ocorrer desgastes mais profundos, que possam causar danos severos à própria estrutura do prédio, como vazamentos e afins.

O que fazem empresas de limpeza em uma fachada?

As empresas especializadas em limpeza de fachadas lançam mão de uma série de artifícios para deixar as fachadas recuperadas e limpas, como novas. A durabilidade do serviço dependerá diretamente das condições do local da construção.

Se o prédio tiver até 4 anos de construção vale a pena a técnica de lavagem da fachada. Será feita com uso de trincha ou brocha, utilizando detergente e hidrojateamento, sem qualquer uso de cloro, que oxidará as superfícies da fachada, corroendo cores e materiais. Tudo isso servirá para melhorar, de imediato, a aparência do edifício.

Equipamentos adequados de empresas de limpeza para fachadas?

A aplicação de produtos químicos, como sabemos, deve ser realizada com muita parcimônia. Então, os princípios mais modernos, atentos à sustentabilidade, orientam para a aplicação de “química verde”, capaz de ser ecologicamente correta.

Além disso, todo produto químico deve ser escolhido com base no tipo de revestimento a ser limpo, das condições de aplicação e da impureza em si. Desse modo, não se deve levar em conta o custo, mas sim o resultado prático de sua aplicação.

Máquinas e acessórios serão também itens frequentes nesse tipo de serviço. Lavadoras de alta ou altíssima pressão, para limpeza de revestimentos – tais como azulejos, tijolos aparentes, entre outros – conseguem economizar cerca de 80% do volume d’água que seria utilizado em uma operação “comum”, com uso de mangueira.

Em termos de acessórios, há as lojas especializadas e ainda distribuidores que disponibilizam uma diversidade de soluções, entre as quais se encontram extensores de até nove metros de comprimento e kits de limpeza que servem para ação em vidros e paredes.

Para o caso da limpeza de fachadas nas áreas de até nove metros de altura, o colaborador pode se manter no solo com segurança e conforto. Bem na ponta deste extensor acopla-se o acessório – limpa tudo, Mop de parede, lavadora e rodinho para vidros etc. –, que é mais indicado para o tipo de limpeza da fachada.

Quais são os benefícios da urtiga?

Urtiga, esta erva daninha da família das urticáceas. É reconhecido por seus benefícios à saúde. Para que serve e como usá-lo desde a colheita até o prato?

Antes de falar das urtigas propriamente ditas, você precisa conhecer os benefícios da vitamina b17 esta vitamina é um poderoso remédio natural contra o câncer, portanto considere incluir o vitaminha b17 em sua dieta.

Quais urtigas usar?

Existem várias espécies de urtigas.

As urtigas conhecidas por suas propriedades medicinais são:

  • urtiga (urtica dioica)
  • urtiga (urticária urente)

Como distinguir os 2 tipos?

  • Urtiga, a mais utilizada por suas propriedades medicinais. É o maior dos 2. mede até 1,50 me tem 2 tipos de raízes . Raízes axiais e um rizoma.
  • A urtiga, conhecida como ardente, é a mais picante das 2. É menor, no máximo 70cm. Não tem rizoma

Quando e como colher urtigas sem se picar?

A parte mais dolorida fica na parte de baixo das folhas. Para escovar a urtiga na direção do cabelo, basta retirá-la de baixo para cima.

A época ideal é na primavera, antes da floração. As folhas são jovens e tenras.

Como usá-lo?

Lave bem, pode usar as folhas frescas para infusões, em quiches, pão, sopas… As folhas novas são tenras e de sabor agradável, verdes, alcalinas, ligeiramente adstringentes. Eles lembram um pouco o sabor do feijão verde. Você também pode secar as folhas em local bem ventilado, seco e escuro ou em um desidratador. Sua folha deve ser verde e quebradiça para uma secagem de qualidade. Você pode usá-los triturados para polvilhar nos pratos, em infusão, para dar sabor a gomasios caseiros …

Os benefícios da urtiga

A urtiga é conhecida por sua riqueza em sílica. Então, muito útil para a pele do problema e dor s reumática. É muito rico em minerais como cálcio e potássio. É um bom remineralizador . Além disso, melhora a fadiga temporária . Externamente, uma solução de urtiga pode ajudar a pele problemática, bem como a qualidade do cabelo . São gordurosos e mais resistentes.

Limites

Você pode consumir sem problemas na dieta diária em pequenas quantidades. Como todas as plantas, o consumo excessivo por um longo período ou extrato não é recomendado sem o conselho de um profissional de saúde. 

Não deve ser confundido

Na linguagem comum, muitas vezes falamos da urtiga-branca, esta prima não faz parte da mesma espécie. Faz parte da família das lamiaceae. O verdadeiro nome da urtiga branca é urtiga morta branca. Também é comestível, mas não tem as mesmas virtudes.