Distúrbio Específico de Linguagem pode ser tratado ainda na infância

Dificuldade para pronunciar determinados fonemas e palavras. Esta é uma das características do Distúrbio Específico de Linguagem (DEL) que pode ser observado ainda na infância e, às vezes, pode estar relacionada a algum distúrbio de desenvolvimento da criança.

O que diz os especialistas

medico

“O diagnóstico é multidisciplinar e deve ser feito por exclusão, ou seja, descartando-se a possibilidade de qualquer outra patologia. Na avaliação de linguagem, examina-se a expressão e recepção de diferentes aspectos, como fonológico, lexical, morfossintático, semântico e pragmático. Posteriormente, existem tratamentos/terapias, que auxiliarão no desenvolvimento desses indivíduos”, explica a fonoaudióloga Débora Lopes, coordenadora do Departamento Cemes Centro Médico).

Para a especialista, as crianças que demoram a falar ou que possuem dificuldades de determinadas palavras podem ter o diagnóstico confundido, muitas vezes, com perda auditiva, deficiência mental, distúrbio do desenvolvimento, entre outros. “Vale ressaltar que, independente do nível do distúrbio, se diagnosticado e tratado precocemente, por profissionais especializados, as consequências podem ser atenuadas”, ressalta Débora. Por se manifestar na idade escolar, o distúrbio de fala mais comum é a dislexia, que representa cerca de 3% na estatística dos distúrbios da comunicação na infância.

Ainda, a Dra. Débora Befi conta que as crianças com DEL, quando não diagnosticadas e tratadas precocemente, têm dificuldades com a aquisição da escrita e podem ser facilmente confundidas com crianças disléxicas, em virtude de um diagnóstico incorreto. A fonoaudióloga lembra que o enfoque do processo terapêutico nas diferentes patologias é diferente. “De toda forma, o importante é salientar que, para crianças com DEL, as atividades que derivam de conhecimento linguístico se tornam difíceis ao longo de toda a sua vida pessoal, acadêmica e profissional”, destaca.

Os Estudos apontam

Um estudo organizado pelo Departamento de Fonoaudiologia, Fisioterapia e Terapia Ocupacional da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) concluiu que os déficits observados na produção narrativa em crianças com DEL apontam para as dificuldades conversacionais que influenciam no desenvolvimento da competência social, que implica em aspectos sociais, cognitivos, acadêmicos e comportamentais.

A historiadora e especialista em Educação a Distância, Priscila Rondas, 34 anos, sentiu de perto este problema na família. É que o filho dela, o pequeno Pedro Vinícius Rondas, de quatro anos de idade, foi diagnosticado com distúrbio de linguagem, o que ocasionou na demora da fala e, posteriormente, na compreensão das palavras. Priscila conta que ela e o marido já haviam reparado este problema do filho, mas só depois de uma orientação da escola e do pediatra é que eles procuraram um médico.

“Temos certeza que se não tivéssemos procurado um especialista, ele teria problemas para se relacionar com os amiguinhos da escola, pois não entenderiam o que ele estava falando. Ao final de cada sessão que o Pedro faz sozinho com a especialista de forma lúdica, ela chama os pais para dar um feedback de sua evolução e passar alguns exercícios que devem ser feitos em casa com a criança para o próximo encontro”, conta Priscila.

A mãe de Pedro Vinícius comenta também da dificuldade de comunicação ocasionada pelo problema, mesmo ainda em tratamento. “Algumas vezes ele fala alguma coisa que não entendemos, e fazemos um grande esforço para entender ou decifrar o que ele diz. O médico nos orientou a sempre estimulá-lo a dizer corretamente as palavras, e nunca aceitar que ele se expressasse apenas por gestos ou mímicas”.

como perder barriga com dieta

Como perder barriga

Para perder barriga precisamos mudar nossos hábitos alimentares e incluir dietas saudáveis, adicionando também exercícios físicos no dia a dia. Preparamos um artigo para ajudar você nessa tarefa.

O acúmulo de gordura abdominal se deve ao fato do sedentarismo e má alimentação, entretanto podemos mudar nossa rotina diária afim de melhorar a condição física e estética.

Como perder barriga de forma eficiente

A melhor maneira para perder barriga é acelerar o metabolismo, gastar muitas calorias e comer alimentos saudáveis, uma vez que fazendo isso os resultados serão satisfatórios. Então veja algumas dicas abaixo.

Exercícios físicos

Os melhores exercícios para perder barriga são os aeróbicos, tais como caminhadas aceleradas, corridas a pé, corridas de bicicleta, entre outros, entretanto pessoas que querem emagrecer, devem se matricular na academia e começar a fazer exercícios pesados para manter ou ganhar massa muscular, pois assim aceleraria o processo de perca de peso e consequentemente a perda de barriga. Na academia podemos também adicionar outros exercícios aeróbicos para ajudar nesse emagrecimento.

Alimentação saudável

como perder barriga com dieta

Quem deseja perder barriga deve mudar sua dieta completamente, deixar de comer doces, carboidratos de alto índice glicêmico, gorduras ruins, açucares etc…

Podemos montar uma dieta rica em proteínas de alto valor biológico como  a albumina presente na clara do ovo, ou o peito de frango. Evite carnes vermelhas pois são ricas em gorduras ruins, mesmo tendo altas quantidades de proteína.

Carboidratos devem ser escolhidos com cautela, escolha “carbos” de baixo índice glicêmico, pois liberam energia gradativamente, evitando o alto pico de insulina que é nada mais nada menos o vilão de pessoas com gorduras localizadas. Coma carboidratos como batata doce, arroz integral, macarrão integral, pão integral, aveia, entre outros. Evite comer pão francês, pizzas, salgados em geral, arroz branco.

Coma de 3 em 3 horas para manter o metabolismo ativo e sempre trabalhando, pois assim evitará também o acúmulo de gordura. Não se esqueça de consumir gorduras boas, elas são essenciais para o bom funcionamento do organismo, e sim, elas ajudam emagrecer. Coma amendoim, nozes, azeite e outras fontes de gorduras boas.

Dica master

Quer saber como perder barriga rapidamente? Faça aeróbio em jejum pela manhã ao acordar, pois seu corpo irá usar diretamente a gordura como fonte de energia primária, isso porque sua noite de sono foi longa, você não tem nenhuma reserva de energia, ou seja, carboidratos. Com isso só resta seu corpo tirar energia da gordura em vez das calorias dos alimentos, pois num exercício aeróbio normal, seu corpo começa a queimar as calorias dos alimentos ingeridos para depois começar a queimar gordura. Faça uma caminhada em velocidade moderada a lenta. Comece com 15 minutos no primeiro dia, e vai aumentando a cada dia 2 minutos até chegar no limite máximo de 45 min por dia. Terá resultados excelentes aliado a uma boa alimentação. Vá em um nutricionista e monte sua dieta e siga essa dica master.

cuidados_com_o_recem_nascido

Dicas gerais para cuidados com o bebê recém-nascido

Depois que o bebê nasce, um mundo inteiro de situações inesperadas nos espera, que nem sempre sabemos como responder. No entanto, é necessário ser informado sobre alguns detalhes gerais que melhorarão a qualidade de vida do bebê. No artigo a seguir, oferecemos várias recomendações que tornarão a vida do seu bebê mais confortável e agradável.

Confira também a Luvinha Mordedor para o seu Filho

cuidados_com_o_recem_nascido

Dia a dia do bebê

– É interessante que os espaços onde o bebê passa a maior parte do tempo sejam ventilados , a uma temperatura confortável e sem correntes de ar. Se houver aquecimento, é útil colocar um recipiente com água para que o ambiente seja úmido.

– Desde o nascimento, o bebê precisa de expressões de carinho , por isso é importante abraçá-lo, acariciá-lo, conversar com ele ou cantar com ele. Nenhum bebê é “mimado” com essas ações.

– É muito importante que os pais estejam cientes de que o choro do bebê nem sempre é devido à fome, mas também ao calor ou frio, dor, sono, etc. Aprender a linguagem do seu bebê levará tempo.

-Confie no seu bom senso e na sua capacidade de cuidar da criança, lembre-se de que você não está sozinho, peça ajuda à sua família ou amigos e, se necessário, à sua parteira, pediatra ou pessoa de confiança. Muitas pessoas podem participar no cuidado e no cuidado de um bebê.

– Não fume na presença do bebê, porque ele também respira a fumaça.

– Em geral, não é aconselhável oferecer chupeta aos bebês amamentados, pois dificulta o início e reduz a duração da amamentação.. Se você ainda considerar necessário, poderá oferecê-lo assim que a amamentação for estabelecida e em ocasiões especiais.

Higiene e roupas de bebê

– O banho , se desejado, pode ser diário desde o primeiro dia de vida, sem sabonetes ou colônias. Não importa molhar o umbigo e você não precisa esperar que ele caia para banhá-lo, apenas seque-o bem após o banho. A temperatura da água depende dos hábitos da família, mas o importante é observar como o bebê responde ao contato da água, o que é agradável para ele.

– Os órgãos genitais . Quando você troca a fralda, a água é suficiente para limpá-las. Nas meninas, tente limpar da frente para trás e prestando atenção nas dobras que formam a pele. Nos meninos, deve-se prestar atenção às dobras sob o escroto e o pênis.

– Vista o bebê para que as roupas não o comprima e o impeça de suar. Evite também roupas que possam soltar fiapos ou cabelos. A quantidade de roupa que você veste é outro aspecto a ser negociado entre os pais.

– Corte as unhas quando o bebê controlar as mãos, aproximadamente aos 3 meses de vida. Até então, as unhas são macias e caem por conta própria; depois, as unhas devem ser cortadas retas e com tesoura de ponta arredondada.

Prevenção de acidentes

– Não deixe seu bebê em casa. Nem sobre uma mesa ou cama sem corrimão, pois poderia rolar e cair no chão. É importante saber que o giro pode ser feito dentro de alguns dias da vida.

– Evite objetos perigosos para o bebê. Tente não colocar correntes, fitas ou laços em volta do pescoço. Da mesma forma, evite anéis e brincos que possam prejudicá-lo. Se forem utilizados pinos de segurança, faça-os com uma trava de segurança.

– Se o bebê toma o sol, que deve ser nas horas mais frescas, com a tampa da cabeça e usando um creme protector solar (factor total).

– Ao entrar no carroLembre-se de que o bebê pertence ao grupo 0 de segurança infantil ( abaixo de 10 kg). Deve ser utilizada uma cadeira de rodas aprovada para esse grupo, rotulada com um E laranja, disposta na direção oposta à marcha (voltada para trás) e presa com o cinto de segurança do veículo. Não coloque a cadeirinha no assento dianteiro se houver um “airbag” para o passageiro, pois é perigoso.

Caminhadas ao ar livre

– É interessante que o bebê faça uma caminhada todos os dias , pois esse hábito constitui um estímulo para o desenvolvimento do bebê. No inverno, leve-o para fora em horas ensolaradas e quentes. No verão, de preferência, nas horas menos quentes e com roupas leves.

 

como_cuidar_da_sua_mente

Saiba como cuidar da sua mente e ser mais saudável

Quando falamos em hábitos saudáveis, logo nos vem à cabeça os cuidados com o corpo, incluindo a prática de atividades físicas, diminuição do sedentarismo e adoção de uma dieta mais equilibrada.

Sim, tudo isso é muito importante, afinal, o corpo é como se fosse a nossa morada e precisamos cuidar bem dele.

Porém, não podemos esquecer a nossa mente, pois ela é a principal responsável pelo nosso bem-estar. 

Quer dizer que, podemos estar muito bem fisicamente, mas se a nossa cabecinha não ajudar…. 

Dessa forma, é importante saber conciliar os cuidados com o corpo e mente para ser mais saudável.

Portanto, se você está buscando dicas de como zelar pela sua saúde, está no lugar certo. No artigo de hoje, vamos mostrar como cuidar da sua mente e ser mais saudável. 

como_cuidar_da_sua_mente

A importância da saúde mental

Falar de saúde mental não significa tratar especificamente de doenças mentais, ou a ausência delas, mas sim, compreender como a nossa mente afeta diretamente o corpo, compreendendo que todos os seres humanos possuem limitações.

O próprio Ministério da Saúde reconhece a importância de tratar a saúde mental, pois ela ajuda:

  • No seu próprio bem-estar;
  • No bom relacionamento com os outros;
  • Na aceitação de exigências da vida;
  • A lidar com boas e más emoções;
  • A reconhecer seus limites;
  • A buscar ajuda, quando necessário.

Sabemos que aliar a rotina, trabalho, estudos e as atividades doméstica não é algo fácil. Por causa disso, às vezes nos distraímos dos cuidados com a saúde mental – o que pode causar vários problemas.

Não é à toa que o Brasil está entre os países com maior número de pessoas com depressão e ansiedade.

De acordo com dados da OMS (Organização Mundial da Saúde), 5,8% dos brasileiros sofrem de depressão, o que significa 12 milhões de pessoas, aproximadamente. É a maior taxa na América Latina.

Além disso, estima-se que 20% a 25% da população teve, em ou terá depressão em algum momento da vida.

Já a ansiedade afeta 9,3% dos brasileiros (cerca de 19 milhões de pessoas), fazendo com que o Brasil ocupe o primeiro lugar no ranking entre os países mais ansiosos do mundo.

Os principais problemas incluem fobia, transtorno obsessivo-compulsivo, estresse pós-traumático e ataque de pânico.

Portanto, diferentemente do que muitos pensam, cuidar da saúde mental não é um luxo. É uma necessidade.

Por isso, vários estabelecimentos, como uma empresa de enfermagem domiciliar Brooklin Paulista, não somente se preocupam com o físico do paciente, mas se especializam em cuidados com a mente também.

7 dicas de como cuidar da sua mente e ser mais saudável

Diante de números alarmantes sobre depressão e ansiedade no Brasil, é preciso mudar hábitos para que a população se torne mais saudável.

Isso vale não só para pessoas com doenças mentais, para todo mundo que vive uma rotina corrida. Ou seja, todos nós!

Sendo assim, separamos algumas dicas de como cuidar da sua mente e ter uma vida mais saudável. Veja mais abaixo:

1 – Pratique exercícios físicos

Engana-se quem acha que os exercícios físicos servem somente para emagrecer ou criar músculos. Eles também ajudam a nossa mente, além de fazer bem para todo o organismo.

Claro que, você pode aliar sua rotina de atividades físicas com uma alimentação saudável e, até mesmo, com uma receita de remédios manipulados para emagrecer, se esse for o seu objetivo.

Durante a prática de exercícios, o seu corpo libera uma substância conhecida como endorfina, produzida na glândula hipófise, que é responsável pela sensação de bem-estar e plenitude.

Além disso, as atividades físicas também aumentam a plasticidade sináptica, afetando diretamente as células neurais e o fornecimento de sangue no cérebro. 

Isso aumenta a capacidade neural e reduz a incidência de doenças neurodegenerativas (Alzheimer e Parkinson, por exemplo).

Vale ressaltar que os exercícios também contribuem para:

  • Melhorar as funções cognitivas;
  • Elevar a autoestima;
  • Diminuir o estresse e ansiedade;
  • Melhorar a memória;
  • Reduzir a incidência de doenças crônicas.

Portanto, se você acha que permanecer deitado no sofá é uma boa, está na hora de mudar seus conceitos.

2 – Tenha uma alimentação equilibrada

O nosso corpo é semelhante a uma máquina. Nós precisamos de combustível para funcionar e essa fonte é oriunda da nossa alimentação.

Sendo assim, para manter a mente saudável, também é preciso ter cuidados com o que comemos.

Vários estudos já comprovaram a relação da má alimentação com o estresse e ansiedade, especialmente os fast foods. Isso não significa que você precisa abandonar aquela comida que você tanto gosta, mas é preciso ter equilíbrio.

Por exemplo, um biscoito de polvilho sem lactose é um ótimo aliado para quem não quer abandonar aquele gostinho nostálgico da casa de vó, mas ao mesmo tempo, quer se cuidar.

Assim, para manter a mente e ser saudável, dê preferência para alimentos ricos em nutrientes, inclua mais frutas e legumes na sua dieta e evite produtos industrializados.

3 – Beba muita água

A maior parte do nosso corpo é formada por água – e não seria diferente com o nosso cérebro. 

Diversos estudos mostram que beber a quantidade suficiente de água durante o dia pode evitar o surgimento de doenças neurodegenerativas, especialmente na velhice.

Isso, porque a falta de água pode afetar diretamente a nossa coordenação motora, atenção, bem como a memória a curto prazo.

Então, se você quer cuidar da mente e ser mais saudável, tenha em mãos sempre uma garrafinha de água e se mantenha hidratado(a).

4 – Tenha uma boa noite de sono

Alguma hora o nosso cérebro precisa descansar. Afinal de contas, com uma rotina corrida, ficamos sobrecarregados durante o dia, por isso, precisamos dormir para recarregar as baterias e ter energia para aguentar tudo de novo.

No entanto, sabemos que muitas pessoas negligenciam a importância do sono. Mas saiba que dormir bem também é parte de ser saudável.

A boa noite de sono é responsável por melhorar o nosso humor, consolidar memórias, ajuda a combater a depressão e até melhora a nossa aparência física.

A OMS recomenda uma noite de sono de, aproximadamente, 8 horas. Mas esse número pode variar, porque cada indivíduo é único. Quer dizer que, algumas pessoas precisam dormir mais, enquanto outras, menos.

Para saber se você está realmente dormindo bem e cuidado da sua mente, perceba como anda a sua sonolência diurna. Se você se sentir muito cansado durante o dia, é possível que esteja com problemas para dormir.

5 – Faça meditação

A prática da meditação pode ser uma das maiores aliadas no cuidado com a mente. Pesquisas já demonstraram como ela afeta diretamente o nosso cérebro, sendo capaz de auxiliar no tratamento de doenças como depressão e ansiedade.

Além disso, a meditação ajuda no controle da postura corporal, na respiração e na concentração. E você não precisa meditar por longas horas, basta 15 minutos do seu dia para já ver as diferenças.

A meditação também ajuda na diminuição de pensamentos distrativos e ruminantes, que podem prejudicar a sua produtividade. 

Desse modo, quando meditamos, podemos aumentar consideravelmente nossa atenção, saúde física, emocional e mental.

6 – Vá ao médico

Esqueça aquela história de ir ao médico somente em casos emergenciais. A sua saúde mental e o seu corpo precisam de um check up periódico, ainda mais devido à existência das chamadas “doenças silenciosas”, isto é, assintomáticas.

Além disso, há profissionais da área da saúde especializados em saúde mental, que podem te ajudar – e muito! – em quadros de depressão e ansiedade.

Não sinta vergonha de pedir ajuda. Ter uma vida saudável nem sempre é tão fácil quanto parece, por isso, existem pessoas qualificadas para isso.

Para indivíduos acima de 40 anos, a atenção deve ser redobrada. Essa é a fase de surgimento de várias enfermidades, daí a importância de consultas regulares.

7 – Tenha momentos com a família e amigos

Nem só de trabalho se vive. A nossa mente e o nosso corpo precisam relaxar, curtir e se divertir. E nada melhor que curtir os bons momentos em família e com os amigos.

Portanto, quando estiver em um encontro com pessoas queridas, viva o momento. Esqueça o celular por algumas horas e se concentre na sua diversão.

Além do mais, seus amigos e familiares podem ser uma excelente rede de apoio, principalmente caso você esteja sofrendo com sintomas de ansiedade e depressão. Eles podem ser as primeiras pessoas a quem você pode confiar ajuda.

Assim, procure o que te faz feliz: uma boa leitura, um passeio no parque, dançar… Enfim, saiba que ter momentos de distração também é parte de uma vida mais saudável.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Como fazer a dieta de aveia

O bom tempo está se aproximando e já estamos pensando em uma boa dieta para a operação do biquíni . Você sabe que a dieta da aveia, além de ser eficaz para perder os quilos extras, também é boa para a nossa saúde ?

Continue lendo e você descobrirá como perder barriga de maneira saudável :

Benefícios da aveia

Antes de começar a explicar como funciona a dieta , é conveniente destacar alguns dos benefícios para a saúde da aveia, tais como:

-É rico em fibras solúveis , o que faz com que esta dieta proporcione saciedade, um fato muito favorável quando você está tentando perder peso.

-Ajuda a reduzir o colesterol ruim ou o LDL sem afetar o bom colesterol ou o HDL.

-O aveia contém linhanos , que são essenciais na prevenção da hormona – cancros relacionados.

Mas também devemos ter em mente que, apesar dos benefícios que proporciona, a aveia também tem desvantagens:

-Apesar de promover a perda de peso, a ingestão de calorias é bastante baixa.

-Limitar o poder de obter uma nutrição adequada , uma vez que a dieta é muito pouco variada e, portanto, pobre em nutrientes.

Como é a dieta da aveia para perder peso?

A dieta de aveia consiste em substituir uma ou duas refeições por dia com esse cereal, geralmente distribuídas em três dias , embora algumas pessoas o estendam a cinco , mas isso não implica uma maior perda de peso, ou maiores benefícios, O que é aconselhável escolher a dieta de aveia dividida em três etapas , onde uma ou duas refeições são substituídas por aveia.

Alimentos permitidos

Os alimentos permitidos nesta dieta são aveia ou aveia, leite desnatado, frutas vermelhas, cranberries e outras frutas, como bananas, uvas, maçãs e laranjas; Legumes e vegetais, como pimentão, cenoura, alface, espinafre, aipo; peito de frango, peixe, água e infusões de ervas.

Primeiro estágio da dieta de aveia

Nesta fase e durante a primeira semana, apenas farinha de aveia é consumida da seguinte forma:

– 1 / xícara de farinha de aveia ou farinha de aveia combinada, se desejar em 1/2 xícara de leite desnatado para cada refeição . Você só pode comer este cereal e as barras de cereais com mel são descartadas, especialmente durante esses primeiros sete dias.

O consumo de calorias consumidas nesses primeiros sete dias deve estar entre 900 a 1200 calorias por dia

Segunda etapa

Esta fase consiste em um mês e a ½ xícara de aveia ainda é mantida três vezes ao dia, além de sua dieta regular.

Nesta fase, as calorias podem aumentar ligeiramente entre 1000-1300 por dia ; além de adicionar na parte da manhã ½ xícara de frutas e um lanche de ½ xícara de vegetais crus.

Terceira etapa da dieta de aveia
Após os 30 dias que compõem a segunda etapa, você pode começar com sua dieta normal, mas manter uma refeição e um lanche de aveia por dia.

Agora que você sabe como fazer a dieta da aveia para perder peso , comece a trabalhar e não se esqueça de nos dizer se funcionou para você.

Referências do artigo: https://www.sbsono.com.br/

cuidar_do_seu_corpo

Você sabe cuidar do seu corpo? Descubra o que você está fazendo errado

Cuidar do corpo é uma tarefa que exige dedicação e comprometimento. Muitas vezes, com a correria do dia a dia, as pessoas acabam deixando de lado a preocupação com a saúde e os hábitos de vida mais indicados.

Não à toa, os índices de doenças como a obesidade e a depressão se tornam cada vez maiores. Em termos gerais, os cuidados com o corpo vão sendo postergados, o que traz malefícios a saúde tanto a curto quanto a longo prazo.

O sedentarismo é uma realidade presente na vida de vários profissionais, que acabam deixando para amanhã uma rotina que inclua exercícios e uma alimentação saudável.

cuidar_do_seu_corpo

Vendo esse cenário prejudicial para a saúde dos seus colaboradores, muitas empresas têm buscado investir em massagem corporativa e exercícios funcionais em alguns dias da semana, de modo a melhorar a qualidade de vida dessas pessoas.

Uma das grandes preocupações da área médica é justamente o crescimento de casos de crianças que adquirem obesidade e possuem compulsões alimentares.

Além de causar problemas de mobilidade, muitas vezes, esses casos podem resultar em quadros como a diabetes e outros tipos de doenças.

A conscientização de que é preciso cuidar da saúde tem sido a meta de vários médicos, que buscam instruir os seus pacientes sobre a necessidade de buscar soluções eficientes para o dia a dia, que possam mudar essa situação.

Se você quer saber mais sobre como cuidar do corpo e melhorar os hábitos de vida, siga na leitura deste artigo e conheça algumas dicas práticas que podem mudar a sua saúde.

O que você está fazendo de errado?

Ao deixar as necessidades naturais do corpo de lado, você começa a prejudicar o funcionamento dele.

Algumas perguntas que devem ser feitas para uma análise rápida sobre os cuidados que você está deixando de lado são:

  • Qual é a quantidade de água ingerida no dia?
  • Você toma cuidado com a postura?
  • A sua alimentação inclui elementos saudáveis?
  • Você pratica esporte regularmente?
  • Qual foi a última vez que fez um check-up?

Ao responder honestamente cada uma das perguntas acima, você poderá ter uma visão geral do quanto você está errando no cuidado com o seu corpo.

Atualmente, já não há desculpas para deixar muitas dessas atitudes de lado. Há uma série de opções personalizadas para ajudar as pessoas a retomarem uma rotina mais ativa.

Um exemplo disso é a existência de academia para obesos ou aquelas que são exclusivas para mulheres. 

Com estabelecimentos totalmente preparados para suprimir uma demanda específica, é possível desfrutar de inúmeras vantagens.

Mas, a oferta de serviços nesse sentido busca atingir também o público infantil, com espaços totalmente dedicados para a prática de esportes para crianças.

A preocupação com essa faixa etária tem se tornado presente até mesmo em restaurantes fast-foods, que oferecem aos seus clientes comida mais saudável e com menor adição de açúcar.

O público mais velho também não foi esquecido. Hoje é bastante fácil encontrar personal trainer para idosos, assim como espaços de uso comunitário dedicados especialmente para a “melhor idade”.

Por isso, hoje só fica para trás quem quer. Se você quer começar a desenvolver bons hábitos no dia a dia, acompanhe as próximas dicas que podem ajudar na sua reeducação.

Cuide da sua alimentação

A alimentação é um dos pilares mais importantes de uma vida saudável e de um corpo bonito e com grande potencial.

Em vez de consumir comidas congeladas e industrializadas, é preciso buscar alternativas orgânicas e naturais, que podem melhorar as condições de saúde de qualquer pessoa.

É preciso priorizar a ingestão de frutas, verduras, legumes e proteínas, buscando opções que agradam ao paladar ao mesmo tempo em que fornecem as vitaminas e minerais necessários ao organismo.

Além de diminuir a gordura corporal, uma alimentação saudável traz benefícios para o corpo, deixando a pele mais bela e bem cuidada, garantindo o bom funcionamento do sistema imunológico e preservando órgãos vitais.

Se você possui dúvidas de quais alimentos deve ingerir de acordo com o seu gasto calórico diário, é essencial buscar ajuda profissional de um nutricionista, ou mesmo de um nutrólogo para atletas, que são médicos capacitados para instruir o paciente da maneira correta.

Pratique atividades físicas

Tão importante quanto uma boa alimentação é manter uma frequência de atividades físicas.

Para isso, não é necessário se tornar um verdadeiro corredor de maratonas, mas é indispensável se exercitar regularmente.

É muito comum que as pessoas deixem de lado essa importante atitude por não encontrarem estímulo ou mesmo por nunca terem procurado um esporte que fosse do seu agrado.

Mas, atualmente, é possível encontrar uma série de atividades interessantes, tais como: curso de pilates avançado, aulas de natação ou hidroginástica, de dança, caminhadas, ciclismo, yoga, artes marciais e mais uma série de outras possibilidades.

Tudo isso pode ser descoberto facilmente em diferentes locais da sua cidade, já que o incentivo ao esporte trouxe também uma série de benefícios para os empresários em geral, que viram nesse segmento uma chance de empreender.

Mesmo para quem ainda não possui muita fluência no universo esportivo, o processo pode se dar aos poucos: é preciso começar e ir aumentando o ritmo gradualmente, sem exageros e excessos.

Assim, não há risco de lesões ou outros quadros que podem impossibilitar a prática física.

Também é possível potencializar os treinos com o uso de suplementos, que dão energia e disposição, como no caso do whey isolado feminino e de outros produtos voltados para o corpo.

O mais importante, nesse sentido, é que qualquer pessoa busque um tipo de atividade que a agrade, para que ela possa adquirir constância e tornar o momento um hábito diário.

Marque consultas periódicas

Qual foi a última vez que você fez um check-up geral para verificar o estado da sua saúde? Se você não se lembra, certamente isso é um mau sinal.

Para saber o que o seu corpo necessita, o que deve ser trabalhado e o que precisa ser suplementado, é essencial realizar exames periódicos para uma análise mais profunda.

Por isso, ter um acompanhamento médico é essencial para qualquer pessoa, seja um atleta ou não.

Além de permitir que você consiga atingir um maior bem-estar no dia a dia, você também pode aproveitar o momento para realizar tratamentos que estava postergando.

Um exemplo disso é o das pessoas que recorrem a um medico acupunturista para tratar uma persistente dor de cabeça, obtendo excelentes resultados nas consultas.

O problema está justamente em quem deixa para fazer isso apenas quando a situação já está avançada, desfrutando de uma condição de saúde que torna toda a sua rotina cansativa e estressante.

Desse modo, o essencial é desenvolver o hábito de se consultar periodicamente com o seu médico de confiança e agendar check-ups regularmente.

Assim, além de identificar facilmente qualquer possível problema de saúde, o tratamento se torna fácil e efetivo, garantindo disposição para a rotina.

Cuide da saúde mental e da autoestima

Provavelmente você já conheceu pessoas que adiaram cuidados com a sua saúde mental, gerando uma série de transtornos para si mesmos e para seus familiares.

Apesar de ser uma área que recebe pouca atenção, o aspecto psicológico de uma pessoa deve ser levado em consideração, pois ele influencia diretamente nas atividades diárias e na autoestima.  

Se antes você tinha dúvidas se deveria tirar férias para relaxar e mudar um pouco de ambiente, hoje a resposta disso é vista no número crescente de casos de depressão, quadro que pode se agravar se não receber a devida atenção.

Sendo assim, é fundamental que você cuide da sua saúde mental, dedicando tempo para si, com atividades que você goste de realizar.

Isso influenciará diretamente na autoestima, e fará com que você se torne produtivo e eficiente, tanto na área profissional, quanto na familiar e social.

Nesse sentido, é de grande importância que você invista em si mesmo, buscando atividades que possam melhorar a sua imagem e garantir um bom desenvolvimento pessoal.

Seja ao frequentar uma academia para emagrecer, buscar tratamentos estéticos, ou ir atrás de uma atividade de lazer, você deve encontrar algum tipo de prática que possa melhorar o seu desempenho e garantir mais autoconfiança.

Considerações finais

É possível perceber que ao deixar de lado uma vida saudável e ativa, muitas pessoas acabam por se descuidar e trazer malefícios para o corpo, problemas que influenciam diretamente na sua vida.

Por isso, invista em uma alimentação balanceada, buscando os elementos essenciais para que o seu organismo funcione adequadamente.

Além disso, encontre uma atividade física que seja do seu agrado, para que ela seja estimulante e traga resultados para a estética corporal.

Ao mesmo tempo, desenvolva o hábito de acompanhar a sua saúde mais de perto, contando com médicos de confiança que possam auxiliar você a levar uma vida ativa.

Em paralelo, não descuide da sua saúde mental, que vai aumentar a autoestima e trazer maior bem-estar para o dia a dia. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

6 remédios caseiros para acnes e manchas na pele

6 remédios caseiros para acne e manchas na pele

Se você tem problemas com acne, espinhas e manchas na pele, esse artigo é para você. Sofrer com espinhas é um transtorno ainda mais para os jovens que nos dias de hoje, estão muito vaidosos.

Mas a tecnologia está a nosso favor, com vários aplicativos de efeitos, acabamos deixando de lado a nossa beleza e se preocupando mais em estar bonito(a) diante da tela de um celular ou computador.

Mais sabe que esse artigo veio para te ajudar, veja agora 6 remédios caseiros para acne e manchas na pele que com certeza poderá te ajudar com esse problema. Inclusive você verá alguns alimentos para o tratamento.

1. Folhas secas de cranberry, mirtilo, uva-ursina, pereiras, pele de pera

A arbutina é a forma derivada de planta da hidroquinona , um dos tratamentos de hiperpigmentação mais citados no cuidado da pele, que é menos tóxico para as células do que o seu homólogo de prescrição.

Como o extrato da raiz de alcaçuz, ele atua inibindo a tirosinase , a principal enzima responsável pela formação de melanina na pele. Hure compartilha que Arbutin pode ser eficaz, mas que é menos que o ácido kojic e que existem algumas ressalvas.

“Concentrações mais altas de arbutina podem realmente causar hiperpigmentação”, ela começa. ” Estudos mostram que a forma sintética, Deoxyarbutin , é um agente clareador e antioxidante muito mais potente a par da hidroquinona – e consideravelmente mais seguro”.

Você pode conhecer também outro tratamento de pele clicando aqui. Ou assistindo o vídeo abaixo.

 

2. Rábano-silvestre

Naturalmente rico em vitamina C e antioxidantes, o rábano tem propriedades curativas que são compartilhadas anedoticamente na medicina tradicional chinesa há séculos.

Devido ao seu conteúdo antioxidante, os estudos mostraram que também é um anti-inflamatório eficaz , que pode ajudar especialmente na hiperpigmentação pós-inflamatória.

A maioria sugere misturar pó de rábano com outro agente clareador – na maioria das vezes você ouve vinagre de maçã – para torná-lo mais potente.

3. Mamão

A papaína é uma enzima consumidora de proteína encontrada no mamão verde que ajuda na cicatrização de cicatrizes elevadas quando aplicada topicamente na pele, tornando o ativo especialmente promissor em casos de pigmentação pós-inflamatória, cicatrizes e textura irregular da pele.

“Quando usada topicamente, a papaína rompe os laços entre as células da camada externa da pele, esfoliando-as”, explica Hure. Ela adverte, no entanto, que estudos demonstraram que pode ter efeitos inflamatórios e irritantes na pele .

4. Saquê

Graças ao processo de fermentação que transforma o arroz em vinho, o saquê possui um composto natural chamado ácido kojic , um ingrediente com efeitos clinicamente verificados e clareadores da pele.

A cirurgiã plástica de Nova York Melissa Doft diz que o ácido kojic diminui a melanina da pele, aliviando manchas e deixando o tom geral da pele. Como um benefício adicional, os produtos de cuidado com a pele sake são elogiados por sua capacidade de melhorar a textura e o hidrato da pele.

5. Iogurte orgânico sem açúcar

Os probióticos do iogurte são benéficos para o microbioma da pele , enquanto o esfoliante suave, ácido lático, ajuda a uniformizar o tom da pele.

“O ácido lático ajuda a esfoliar as células mortas da pele, deixando um tom de pele mais uniforme”, diz Rabach. É ótimo para preparar uma máscara de bricolage com mel, frutas silvestres ou até uma cápsula de probióticos.

Sempre opte por iogurte orgânico sem sabor, que ajudará a minimizar a exposição a açúcar processado, antibióticos e hormônios.

6. Framboesas, morangos e cerejas

Os alfa-hidroxiácidos – incluindo os ácidos glicólico, cítrico, lático, málico e tartárico – podem ser encontrados nas bagas, juntamente com uma grande dose de antioxidantes que combatem os radicais livres.

Eles são agentes clareadores fantásticos por seu pequeno tamanho de molécula e penetração profunda, liberando milhares de células no nível da superfície e impedindo o corpo de iniciar o reparo sem causar inflamação. Com o uso regular, você pode esperar um tom de pele suave, claro e uniforme.

No entanto, é importante lembrar que esses agentes de formigamento podem ser irritantes para a pele e devem ser usados ​​apenas com cautela junto com outros ingredientes esfoliantes.

Pronto para aprender a combater a inflamação e tratar doenças autoimunes através do poder dos alimentos?

Para mais detalhes desses e outros tratamentos acesse http://minhadietafunciona.com/

triceps

8 Rotinas de Treinamento Tríceps

O bíceps são músculos pequenos, que mesmo quando definidos, não influenciam muito o volume geral do braço. O problema é que muitos levantadores de peso ou fisiculturistas tendem a trabalhar apenas os músculos que vêem no espelho da academia e geralmente negligenciam o treinamento do tríceps .

triceps

Na verdade, o bíceps é um pequeno grupo de músculos e não exige que você trabalhe neles com tanta intensidade quanto em outros músculos maiores. Se você quer braços maiores, concentre-se em aumentar o tríceps .

triceps braquial ocupa a maior parte da área do braço, entre o cotovelo e o ombro. O tríceps braquial tem três cabeças (lateral, média e longa).

  • A cabeça lateral do tríceps fica do lado de fora do úmero. É a parte superior da área traseira do braço.
  • A cabeça do meio do tríceps é a área que fica no meio do braço.
  • A cabeça longa do tríceps é a maior parte do tríceps e é a área que permanece até o cotovelo, na parte de trás do braço.

O tríceps funciona quando você estica o braço. Com isso em mente, em seu treinamento para tríceps,  você deve se concentrar nesse tipo de movimento. Mas não apenas com exercícios simples de flexão e extensão, também com movimentos nos quais o peso é utilizado, como flexões , supino e supino .

Para trabalhar as diferentes cabeças de tríceps que já mencionamos, você precisará variar sua amplitude de movimento, algo que é facilmente alcançado com os exercícios com polias. Certamente você já viu pessoas na academia trabalhando com uma faixa de 90 a 100 graus e pode ter se perguntado se vale a pena. Esse tipo de treinamento específico para tríceps é feito para isolar certos músculos.

Séries e Repetições

O número de séries e repetições para alcançar um tríceps maior é algo que envolve muito debate. Como regra geral, uma combinação dos dois é um bom ponto de partida. Destacamos 8 exercícios que você pode fazer consecutivamente (sem contar os dias de folga) ou como uma extensão do seu treinamento para tríceps .

Se você está começando, a moderação é a chave para garantir o alongamento, o desenvolvimento e o aprimoramento da técnica. Dito isto, escolha um peso moderadamente pesado e tente um número médio de repetições e aumente o peso do quarto set.

Quando você chegar ao final de um ciclo e tiver mais confiança em seu tempo e técnica de recuperação, tente reduzir as repetições e aumentar o peso para não ficar preso. Se você optar por mais séries com menos repetições, ajudará a favor da hipertrofia treinando algumas séries específicas com menos peso e mais repetições.

Exemplos de treinamento para tríceps

  1. Treinamento Um

Supino com punho fechado 4 x 8 – 12

Extensão da barra de polia 4 x 8 – 12

4 x 8 – 12 extensão de tríceps com halteres

  1. Treino Dois

Supino com barra com punho reverso 4 x 8 – 12

Extensão de barra em V com polia 4 x 8 – 12

Pressione com halteres 4 x 8 – 12

  1. Treino Três

Fundos em paralelo 4 x 8 – 12

Imprensa francesa 4 x 8 – 12

Extensões de tríceps com polia acima da cabeça 4 x 8 – 12

  1. Treino Quatro

Supino com punho fechado 4 x 8 – 12

Extensão da corda da polia de 4 x 8 – 12

Extensão do haltere 4 x 8-12

  1. Treino Cinco

A imprensa francesa caiu 4 x 8 – 12

Extensão da barra reversa na polia 4 x 8 – 12

Extensões Tricep com cada braço da polia acima da cabeça 4 x 8 – 12

  1. Treinamento Seis

Extensão do tríceps com barra 4 x 8 – 12

Extensão com corda com cada braço 4 x 8 – 12

Máquina de tríceps com ajuda 4 x 8 – 12

  1. Treino Sete

Extensões de tríceps com barra 4 x 8 – 12

4 x 8 – 12 extensões de tríceps com halteres

Flexões de braço (com mãos semelhantes à largura dos ombros) 4 x 8 – 12

  1. Treinamento Oito

Extensões de tríceps com barra inclinada 4 x 8 – 12

Extensões de tríceps com polia 4 x 8 – 12

Aparelho de tríceps 4 x 8 – 12

psicologo_online

O que é um psicólogo e o que ele faz?

Qual é o trabalho do psicólogo ? O que é? Que faz? Qual é a terapia? Quando é aconselhável solicitar ajuda profissional?

Todos nós temos alguma idéia predeterminada sobre o  que é um psicólogo , nós os vimos em filmes e certamente conhecemos alguém próximo de alguém que chegou à terapia em algum momento. certamente teremos ouvido opiniões de todos os tipos sobre as tarefas dos psicólogos. No entanto, poucas pessoas são realmente claras  sobre o que é um psicólogo e o que ele faz.

psicologo_profissional

O que NÃO é e o que um psicólogo NÃO faz?

Um psicólogo não é médico e, portanto, não prescreve medicamentos. 

Psiquiatras são responsáveis ​​por este trabalho. Não prescrevemos medicamentos porque não consideramos os distúrbios psicológicos como doenças com uma base biológica clara que causam uma série de sintomas, mas tratamos  os distúrbios psicológicos como problemas comportamentais , ou seja, como maneiras de se comportar ou perceber o mundo. aprendido em inter-relação com o meio ambiente ao longo da vida que atualmente está causando problemas para a pessoa em questão. Não diferenciamos o biológico do psicológico, afinal tudo é tão relacionado que não acredito que exista divisão possível. Tudo o que é psicológico tem seu correlato biológico correspondente, eles são Dois lados da mesma moeda.

Confira agora: Os Melhores Psicologos online para você.

Um psicólogo não é um mágico .

Infelizmente, não temos uma barra mágica capaz de resolver  os problemas de todas as pessoas  que vêm ao nosso escritório. Nem o mero fato de ir à terapia e sentar-se na frente de um profissional fará com que qualquer problema seja resolvido. O processo terapêutico  é um processo ativo  no qual o terapeuta ficará encarregado de nos guiar no caminho certo, mas somos nós que temos que seguir por esse caminho e deixar nossa zona de conforto

Um psicólogo não lê a mente.

  1. Esta seção poderia ser incluído no exemplo acima, mas já ouvi muitas pessoas dizem que os psicólogos são capazes de saber o que as pessoas que tomaram a decisão torná-lo um ponto para parte.No pensam, psicólogos não ler a mente, não podemos saber O que as pessoas pensam, nem a confiança absoluta no que estão nos dizendo é verdade.  Psicólogos trabalham a partir da informação que dá ao paciente (e em alguns casos, pessoas próximas ao paciente), e se esta informação estiver incorreta terapia não têm sentido.Podemos têm mais habilidadedetectar contradições no discurso, histórias incoerentes, analisar linguagem não verbal etc., mas não temos uma qualidade mágica que nos faça detectar mentiras bem desenvolvidas. Embora tenhamos o computador mais poderoso do mundo, se errarmos os dados ao usar um programa, os resultados não serão os esperados, certo?
    Então,  qual é o sentido de ir à terapia para mentir para o psicólogo?

Um psicólogo não apenas escuta.

A imagem de muitos filmes nos quais o paciente está sentado no sofá fala sobre sua vida e o psicólogo simplesmente escuta, graças a um deus desatualizado, pois isso teria o mesmo efeito terapêutico mais ou menos do que conversar com a parede Nosso trabalho não é ouvir, nosso trabalho é  ajudar as pessoas a resolver seus problemas  e, para isso, você precisa ouvir, mas também precisa conversar. Uma sessão de terapia é uma conversa entre duas pessoas nas quais ambas participam em diferentes graus, dependendo do momento do processo terapêutico.

Um psicólogo não dá conselhos.

O conselho é dado por amigos, pais, colegas de trabalho, e não psicólogos.As dicas são aquelas maneiras de agir que uma pessoa implementaria com base em seus valores e em suas experiências vividas se estivessem na mesma situação que a outra. pessoa que eles aconselham.

Os psicólogos estão conscientes de que  nossos próprios valores e crenças  não podem interferir no processo terapêutico, uma vez que vamos encontrar muitas pessoas com ideologias muito diferentes das nossas, então temos que  analisar objetivamente a situação da pessoa  que exige nossa atenção. ajudar e trabalhar com base nessa análise.Também não podemos tomar decisões pelos nossos pacientes, não seria ético,  cada pessoa é diferente  e não somos nós que decidimos o futuro de alguém. Ajudamos as pessoas a tomar decisões apropriadas, mas não as tomamos por elas.

O que é e o que faz um psicólogo?

  1. Um psicólogo analisa seu problema. Os psicólogos conhecem as leis de aprendizado subjacentes ao comportamento humano, para que possamos explicar por que nossos pacientes se sentem mal ou se comportam de uma maneira que está causando o problema. Analisamos as variáveis ​​que levaram essa pessoa a essa situação e os fatores que fazem a situação problemática permanecer.O fato de as pessoas entenderem  como chegaram a essa situação  e não sabem como sair e  como estão sendo mantidas  é uma parte muito importante do processo terapêutico, pois, além de fornecer clareza e tranquilizar o paciente, isso os motiva a a mudança
  2. Um psicólogo ajuda a resolver seus problemas.
    Não apenas cuidamos de explicar ao paciente o que está acontecendo, como também ajudamos essa pessoa a  resolver seus problemas . Ao conhecer os fatores que mantêm o problema, sabemos onde é necessário tocar para que esse problema esteja presente.Como eu disse antes, os psicólogos tratam os distúrbios psicológicos como problemas comportamentais que foram desenvolvidos por meio de um  processo de aprendizado ativo.  (é claro que na maioria das vezes involuntariamente e inconscientemente). Dessa maneira, assim como aprendemos modos de pensar, sentir ou se comportar problemáticos, podemos desaprendê-los e  aprender outros mais adaptativos que nos fazem sentir melhor.
  3. Um psicólogo fornece recursos e estratégias.
    Os psicólogos não dão conselhos,  fornecemos recursos e estratégias com base  em pesquisas anteriores que ajudam as pessoas a sair de situações que as levaram a solicitar ajuda profissional, eliminar seu desconforto e aprender a combater sua ansiedade . Quando fornecemos qualquer estratégia, explicamos ao paciente por que o consideramos apropriado para o problema e esclarecemos qualquer dúvida sobre o problema.Às vezes, além de fornecer novos recursos para a pessoa, deixamos que eles vejam aqueles que já possuem, mas não estão usando, incentivando-os a iniciá-los.
  4. Um psicólogo o motiva a mudar.
    Às vezes sabemos que precisamos mudar, sabemos qual é o caminho, mas não ousamos ou não estamos motivados o suficiente para percorrê-lo. Os psicólogos ajudam as pessoas a descobrir e trabalhar com esses medos que os impedem de seguir o caminho que consideram apropriado, além de serem motivados o suficiente para trabalhar na direção certa para alcançar os objetivos que estabelecem.
  5.  Um psicólogo estende a terapia além do tempo da sessão.
    Uma hora por semana é muito pouco tempo para alterar uma situação problemática que já foi estabelecida há algum tempo; além disso, muitas vezes os problemas não se manifestam na consulta, se não em outras situações, por isso é nessas situações em que
    há intervenção. Para que as mudanças sejam generalizadas no cotidiano do paciente e mantidas ao longo do tempo, os psicólogos propõem tarefas que as pessoas devem realizar fora da consulta.

Em que consiste o processo de terapia?

Embora nem todos os psicólogos trabalhem exatamente da mesma maneira, se houver uma série de fases que qualquer processo terapêutico deve seguir.

  1. Fase de avaliação Nesta fase, o paciente nos conta seu problema e nos fala sobre diferentes áreas de sua vida (família, lazer, casal, etc …). Essa fase é necessária para esclarecer o motivo da consulta e para saber como está a situação vital da pessoa diante de nós.
  2. Análise e objetivos. Terminada a fase de avaliação, explicamos à pessoa o que causou o problema e quais são os fatores que o mantêm. Também estabelecemos quais são os objetivos que você deseja alcançar ao chegar à terapia e concordamos com os passos que serão dados para alcançá-los.
  3. Tratamento:  Nesta fase, fornecemos ao paciente recursos e estratégias para abordar gradualmente os objetivos propostos. Muitas dessas técnicas são aplicadas em sessão e outras devem ser aplicadas pelo cliente no contexto natural; portanto, nesta fase, uma participação ativa da pessoa no processo terapêutico é muito importante para que o progresso seja tão rápido e rápido. o mais estável possível.  Aprenda a meditar , repensar suas crenças, expor-se a certas situações, etc … fazem parte do arsenal terapêutico.
  4. Prevenção de recaídas Antes de terminar o tratamento, uma vez atingidos os objetivos, garantimos que a pessoa esteja ciente de como seu problema foi desenvolvido e o que fez para solucioná-lo, para que, a qualquer momento, esteja em Uma situação semelhante ou percebe que você está retornando à dinâmica problemática, sabe o que precisa fazer.
  5. Acompanhamento Uma vez atingidos os objetivos terapêuticos, realizamos algumas sessões de acompanhamento para verificar se as alterações são mantidas e se não há outro problema.

Quanto tempo dura um tratamento psicológico?

Você não pode determinar a priori o que vai durar um tratamento, pois depende de diferentes fatores, como a complexidade do problema, o envolvimento do paciente, as variáveis ​​do ambiente, a orientação do terapeuta, etc … Mas se aos 6 meses não Você obteve resultados significativos, provavelmente as coisas não estão indo como deveriam.

Pela minha experiência clínica, posso dizer que aproximadamente o tempo médio que as pessoas em terapia geralmente exigem varia de 3 a 6 meses.

Quando é aconselhável solicitar ajuda profissional?

Uma das perguntas mais repetidas é: quando é aconselhável ir ao psicólogo, minha recomendação é que você peça a ajuda de um psicólogo quando estiver em uma situação que esteja causando desconforto,  interferindo na sua qualidade de vida  e que você não consiga resolver.

Embora a maioria das pessoas venha à consulta quando estiver com o problema há algum tempo e tenha tentado  várias soluções  que não foram bem-sucedidas, o ideal é solicitar essa ajuda no  início do problema , pois é mais fácil e mais barato intervir no processo. problemas que ainda não estão totalmente estabelecidos ou que estão presentes há pouco tempo.

E, embora não seja preciso dizer, por favor, seja preconceito, as  pessoas que procuram o psicólogo NÃO são loucas , não têm problemas mentais, nem são diferentes do resto ou NADA, qualquer um de nós a qualquer momento pode ficar sobrecarregado por situações ou problemas que Não sabemos como resolver e não há nada de errado em pedir ajuda.

 

Sessao_terapia_Online

A terapia à distância funciona? As 4 Principais Vantagens

A terapia à distância é uma das modalidades terapêuticas que está se tornando mais popular.

Isso é causado em grande parte por sua própria natureza acessível: como facilita o atendimento dos psicólogos, seu uso é amplamente estendido por esse novo caminho de acesso à terapia.

Sessao_terapia_Online

No entanto, o fato de haver diferenças claras com a terapia psicológica clássica (ou seja, face a face) faz com que muitas pessoas que procuram ajuda profissional se perguntem se esse tipo de intervenção é eficaz, se serve para tratar seus problemas.

Confira agora: Sessão terapia Online.

Neste artigo, falaremos precisamente sobre este tópico: a terapia psicológica à distância funciona? Para fazer isso, vamos começar definindo o que exatamente é esse tipo de serviço.

O que é e o que não é terapia à distância

A terapia à distância é uma modalidade de psicoterapia em que não há necessidade de o terapeuta e o paciente se comunicarem compartilhando o mesmo espaço, geralmente o consultório do psicólogo. Na prática, isso significa que eles usam um canal tecnológico para interagir, graças ao uso de dispositivos eletrônicos, como o computador ou o Tablet, por exemplo.

Essa interação ocorre em tempo real, exatamente como ocorreria uma conversa cara a cara, e geralmente usa o microfone e a webcam ou câmera desses dispositivos.

Além disso, a conexão geralmente é feita pela Internet; É por isso que a terapia à distância também é chamada de “terapia online”.

Vantagens

Algumas das vantagens oferecidas pela terapia à distância são as seguintes:

  1. Ocupe menos tempo

Como não há necessidade de passar um tempo conversando com o psicólogo, é muito mais fácil ajustar as sessões de terapia à distância no horário.

  1. É mais acessível

Pessoas com mobilidade reduzida que não podem viajar ou custariam muito esforço, podem ter serviços de assistência psicológica sem grandes dificuldades.

  1. Ocorre em um espaço seguro

Como é possível realizar cada sessão de terapia a distância sem sair de casa, os pacientes se sentem em um ambiente familiar e familiar, no qual podem relaxar mais e, ao mesmo tempo, não se preocupar muito em manter um perfil discreto

  1. Permite preços mais baixos

Como consome menos recursos e não exige muita logística, a terapia a distância permite diminuir o preço das sessões.

A psicoterapia à distância funciona?

Como vimos, a terapia a distância consiste essencialmente em psicoterapia on-line, na qual a única diferença essencial com a psicoterapia presencial é o canal através do qual a comunicação entre o psicólogo e o paciente é estabelecida (embora por causa disso Há vários benefícios a serem considerados).

Agora … são todas vantagens, ou custam menos psicoterapia? Pelo que se sabe hoje, não, a terapia à distância não é menos eficaz do que o que é feito pessoalmente. É claro que devemos levar em consideração certas nuances que veremos a seguir.

Em primeiro lugar … É surpreendente que a pesquisa realizada até agora indique que a terapia à distância não é menos eficaz do que presencial? Na verdade, não.

Deve-se levar em consideração que o fato de esse tipo de psicoterapia ser realizado por meio de dispositivos eletrônicos não altera a essência da atividade que está sendo realizada entre o terapeuta e o paciente. Essa atividade se concentra na comunicação, e a comunicação não é algo limitado em um formato de terapia on-line no qual duas pessoas se encontram e conversam em tempo real.

É verdade que as implicações de se afastar de alguém e de estar a um metro de distância são diferentes, mas em um contexto profissional em que o contato físico não é importante, essa diferença desaparece. Afinal, o fato de fazer uma vídeo chamada não nos leva a ver a outra pessoa ou a interação como algo menos real.

Quando a terapia on-line é feita, a única coisa que importa é que você esteja tendo um diálogo real em um contexto que não é menos digital porque é menos objetivo, material: não é algo que só acontece em nossa cabeça e, por exemplo, se é uma piada que Dizemos que, à medida que os pacientes fazem o psicólogo rir, o sentimento de satisfação não será menor do que o que ele teria produzido cara a cara, porque estaremos cientes de que foi uma interação verdadeira, não artificial. Você sempre sabe que há uma pessoa de carne e osso do outro lado da tela.

No entanto, como dissemos, existem nuances. Ao investigar a eficácia da psicoterapia, isso é feito através da distinção entre os tipos de problemas que os pacientes apresentam: algo que funciona para o transtorno bipolar pode não funcionar no tratamento da ansiedade.

Portanto, embora em geral a eficácia da terapia on-line tenha suporte científico, há casos específicos em que ela pode ser limitada. Por exemplo, no caso de você querer tratar uma fobia por meio da técnica de exposição com Realidade Virtual, para isso é necessário o uso de instrumentos disponíveis no centro de psicologia, mas não na casa do paciente.

Em resumo, é necessário saber o que as necessidades do paciente apresentam para determinar quais são as técnicas e ferramentas a serem usadas e, em uma minoria das ocasiões, haverá problemas para combinar esses materiais com o tipo de terapia. De qualquer forma, se esses problemas forem previstos, a equipe de psicólogos avisa com antecedência sobre qual a forma de assistência terapêutica mais conveniente.