Distúrbios do sono em crianças

Os distúrbios do sono afetam crianças e adolescentes. Mesmo os bebês podem apresentar distúrbios do sono. Isso pode incluir dificuldade para adormecer ou permanecer dormindo, apnéia do sono, sonambulismo, síndrome das pernas inquietas e sonolência excessiva.

Transtornos do sono em crianças: causas

Como existem muitos tipos diferentes de distúrbios do sono em crianças, suas causas também variam. O estresse pode causar pesadelos, que podem levar a terrores noturnos. A enurese noturna pode ser causada por uma história familiar de enurese, baixo controle da bexiga ou sofrimento emocional, entre outras causas. A insônia em crianças pode ser causada por estresse, dor ou transtornos mentais.

Transtorno do sono em crianças: tratamento

Assim como as causas dos distúrbios do sono em crianças, os tratamentos para essas condições variam. Rotinas positivas para a hora de dormir, restringir o tempo de tela antes de dormir, definir rotinas rígidas para a hora de dormir e acordar e garantir que as crianças façam bastante exercício podem ajudar com muitos distúrbios do sono na infância, como a síndrome das pernas inquietas.

Como Dormir Melhor: Exercício

O exercício regular é outra parte de um bom programa de higiene do sono. No entanto, é importante escolher os horários do dia em que você se exercita. Praticar exercícios no final da tarde pode facilitar o adormecimento e a permanência do sono. No entanto, praticar exercícios dentro de algumas horas (cerca de 2 a 4 horas) antes de dormir pode realmente dificultar uma boa noite de sono. Pessoas que se exercitam regularmente, em geral, têm menos incidência e risco de insônia.

Como Dormir Melhor: Alimentos a Evitar

Alimentos e bebidas constituem outro aspecto da boa higiene do sono. Os alimentos a evitar são aqueles que contêm cafeína (café, chá e refrigerantes), jantares pesados (em grande quantidade), alimentos condimentados e consumo de álcool. O álcool pode causar sonolência em algumas pessoas, mas pode levar ao despertar precoce da noite.

Como Dormir Melhor: Alimentos Úteis

Os alimentos que ajudam a estabelecer uma boa higiene do sono incluem níveis razoáveis de carboidratos complexos e proteínas na refeição noturna. Quantidades pequenas ou moderadas de comida devem ser consumidas à noite, de preferência várias horas antes de ir para a cama. Além disso, cereais com leite ou alguns biscoitos e queijo podem ser úteis. Alguns nutricionistas sugerem não comer nada pelo menos uma hora antes de tentar dormir. Além de ajudarem em outros objetivos paralelos, como perder barriga.

Como dormir melhor: reduza a tecnologia antes de dormir

Outro aspecto da boa higiene do sono é reduzir os itens que podem estimular você a pensar ou agir antes de dormir. Talvez um dos melhores exemplos seja a televisão tarde da noite. Alguma programação pode aumentar o estado de alerta mental ou fazer você pensar sobre os assuntos. Situações semelhantes ocorrem com crianças jogando videogame antes de dormir ou adolescentes e / ou adultos usando computadores, telefones celulares ou tablets. Uma boa higiene do sono sugere que você comece a reduzir a estimulação cerebral ao se preparar para dormir. Os pesquisadores do sono sugerem que você pare de usar a TV, os videogames ou a Internet cerca de uma hora antes de ir para a cama; outros sugerem que as pessoas devem se preparar para dormir lendo e proibindo o uso de TVs ou computador no quarto.

Como Dormir Melhor: Rituais da Hora de Dormir

Você pode realizar algumas ações positivas para estabelecer bons hábitos de higiene do sono. Por exemplo, você pode “desacelerar” seus níveis de atividade cerca de uma hora antes de dormir, tomando um banho quente, lendo ou praticando técnicas de biofeedback de relaxamento. É uma boa higiene do sono estabelecer horários de dormir e acordar rotineiros, a fim de definir a química de seu corpo para esperar que ocorram horários razoavelmente rotineiros para dormir e acordar. Seguir o que fazer e não fazer para uma boa higiene do sono pode ajudar a reduzir ou mesmo resolver alguns distúrbios do sono. E então, ficou alguma dúvida em relação ao conteúdo que trouxemos hoje? Conte a nós, comente abaixo! Até a próxima!